Há MOTIM na Praia

PorChissana Magalhães,4 jun 2018 11:43

MOTIM 2018
MOTIM 2018(ALAIM)

A Mostra de Teatro Infantil do Mindelo (MOTIM) viaja à capital e faz acontecer três espectáculos para crianças no Centro Cultural Português-Instituto Camões.

De Portugal, o grupo Fértil Cultural trouxe na bagagem para esta edição do MOTIM a peça “Eu é que Conto”, criação e interpretação de Neusa Fangueiro, que aposta num criativo teatro de marionetes onde o rico figurino é também cenário.

"Uma senhora que colecciona livros sabe-se lá onde, vem para contar uma história. Mas como é muito distraída chega atrasada, acaba por tropeçar em tudo e sem querer entra numa outra dimensão, a da imaginação. Confusa e com outros personagens a invadi-la constrói uma história diferente, divertida e cheia de criatividade. Baseando-se nos contos dos irmãos Grimm e histórias tradicionais portuguesas esta senhora dá-nos um momento de teatro surpreendente", diz a sinopse da peça que estreia amanhã, 05, na Praia e repete  em Mindelo, na ALAIM.

Neusa Fangueiro em "Eu é que Conto"
Neusa Fangueiro em "Eu é que Conto"

Ainda na Praia, mais dois dias de espectáculos: quarta, dia 06, o contador de histórias Pedro Lamares narra “As histórias de um urso velhinho”, de João Paulo Seara Cardoso, actor, encenador, bonecreiro e director artístico do Teatro de Marionetas do Porto, falecido em 2010. E por fim, na quinta-feira (dia 07), o Projecto Gota D’Arte, musical de sucesso entre a pequenada, repete no CCP-IC. 

Para além dos espectáculos da MOTIM, o CCP-IC também reservou para o mês das crianças uma oficina criativa de olaria destinada a crianças a partir dos 08 anos, a ter lugar no dia 09. Uma actividade em parceria com a Dez Grãozinhos di Terra, marca de artesanato que tem a olaria como área de eleição, e a CAO – Centro de Artes e Ofícios de Trás-di-Munti.

Com esta oficina, os promotores querem “estimular a criatividade, aumentar a valorização da tradição da olaria, através de experiências plásticas de criação de pequenos objectos com barro, contribuindo para o contacto directo com os materiais e com as técnicas tradicionais de produção”.

A acontecer no Mindelo desde o dia 01, esta edição de MOTIM trouxe também do Brasil o espectáculo "Um Duelo no Caminho do Peabiru", com os palhaços Jujuba la Luchadora e Chicote la Muerte”, interpretação dos actores Poliana Helena e Chico Vinicius.

Chicote e Jujuba em "Um Duelo no caminho do Peabiru"
Chicote e Jujuba em "Um Duelo no caminho do Peabiru"

De Cabo Verde vários grupos participam com peças de teatro, dança, contação de histórias, jogos tradicionais e animação de palhaços: Projecto Tapete Voador, Trupe Pára Moss, Grupo Teatral dos Selesianos, Cia. 50 Pessoa e Streetbreakers.

A grande novidade desta 4ª edição do MOTIM, anunciada pela coordenadora da mostra, Janaína Alves Branco, será a extensão a Santo Antão, mais concretamente ao concelho de Paúl.

*Texto alterado após anúncio de mudança na programação pelo Centro Cultural Português - IC.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Chissana Magalhães,4 jun 2018 11:43

Editado porChissana Magalhães  em  25 fev 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.