Data Center: O futuro chegou a São Vicente

PorNOSI,7 fev 2019 13:22

​Para o Governo de Cabo Verde, as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) são uma oportunidade para o desenvolvimento económico e social sustentável do país. O sector das TIC é parte essencial da estratégia de inovação, atração de investimento e criação de emprego.

Através das TIC, Cabo Verde vai encontrar novas fontes de produção, exportação, emprego e receita fiscal e é capaz de promover a competitividade económica, enquanto promove uma efetiva integração da economia nacional na economia global, alicerçada no conhecimento.

O Data Center de São Vicente insere-se no projeto mais vasto do Parque Tecnológico e será um elemento promotor da inovação e do desenvolvimento de negócios, uma alavanca de crescimento de Cabo Verde, na linha daquilo que são os objetivos do Governo. 

O Data Center de São Vicente, representa um investimento global de 6 milhões de euros e tem um prazo de execução previsto de nove meses. Está localizado na periferia urbana de São Vicente, em Chã de Marinha, e será um verdadeiro centro de inovação, construído de acordo com as mais modernas práticas mundiais, com grande foco na segurança das instalações. 

image

Além do centro de processamento de dados, funcionará no edifício um centro de incubação de empresas e um centro de formação, para lá de todos os serviços de apoio necessários. 

O sector privado terá o papel principal no novo Data Center de São Vicente, dando largas ao seu espírito empreendedor e criatividade, com o apoio das mais modernas tecnologias. O sector público assume o papel de impulsionador, criando as condições e incentivos para que o sector privado se instale e desenvolva as suas ideias de negócio. 

Rapidamente, o Data Center de São Vicente se transformará num polo de desenvolvimento tecnológico e inovação local, nacional e internacional. Na incubadora nascerão os projetos que transformarão Cabo Verde numa grande referência na área das TIC. 

De braço dado com a academia, o Data Center de São Vicente trabalhará em articulação com as universidades, que serão o principal fornecedor de recursos humanos, em articulação estreita com as empresas. A dinâmica de interação entre a academia e o sector privado permitirá um alinhamento das necessidades e a capacitação de técnicos com melhores níveis de preparação. A academia terá um papel relevante na gestão do centro de formação e qualificação. 

Aberto ao mundo, o Data Center de São Vicente espera uma forte representação internacional, sinónimo de investimento direto estrangeiro e de transferência de conhecimento. 

Através do Data Center de São Vicente, a diáspora terá também novas portas de entrada no país.

Apoiando-se na imagem de estabilidade e credibilidade que projeta no mundo, Cabo Verde dá mais um passo para cumprir a sua vocação e transformar-se numa plataforma segura para o lançamento de negócios na África Ocidental e nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP). 

Com o Data Center de São Vicente vamos fomentar um ecossistema de inovação e empreendedorismo de base tecnológica, virado para as empresas nacionais. Vamos também promover serviços e soluções móveis para as diversas áreas de negócio, concretizar parcerias com operadores internacionais de referência. Concretizaremos o desafio de atrair Investimento direto estrangeiro para a prestação de serviços baseados em TIC. Conseguiremos potenciar o desenvolvimento e comercialização de serviços de governação eletrónica e contribuir para a capacitação dos recursos humanos nacionais. 

O futuro já chegou a São Vicente.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:NOSI,7 fev 2019 13:22

Editado porExpresso das Ilhas  em  11 fev 2019 7:23

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.