Djam Neguin estreia primeiro EP este ano

PorDulcina Mendes,4 jan 2018 14:57

Depois de desenvolver vários trabalhos em prol da dança, Bruno Amarante, mas conhecido por Djam Neguin, quer arriscar-se em outra área.

O bailarino e coreógrafo Djam Neguin anuncia que quer lançar ainda este ano, o seu primeiro EP, intitulado “Raíss”. No passado mês de Dezembro, o artista apresentou o single “Dansa”, que fará parte deste trabalho.

Conforme disse, sempre pertenceu ao mundo da música. “Quando vivia em Portugal eu cantava. E sempre tive uma grande fixação por musicais. Dirigi vários e também participei. Por ter um registo muito agudo e cantar em falsete, inclusive queria experimentar canto lírico, mas depois vim para Cabo-Verde e durante estes anos quis focar na dança. Mas a tal viagem que eu fiz me relembrou que eu sou também um intérprete musical”.

Sobre o single, o jovem artista conta que surgiu há quatro meses, através de uma ideia relâmpago.

“Nessa época criei a ideia do «Raíss» e comecei a trabalhar nas sonoridades. Inicialmente a música surgiu com uma melodia, aliás até bastante diferente. Com a boa ajuda dos músicos tudo acabou por seguir o caminho. Foi um processo criativo até bastante arrastado”, explicou.

“Dansa” é um afro fusion, é um ritmo contagiante e vibrante e é uma espécie de cântico ao próprio dançar.

Para Djam, este single levou cerca de três meses para ser captado, gravado e finalizado. “Acho que surgiu naturalmente porque o ritmo era dançante e a letra acabou por expressar aquilo que a música «puxou». E não era muito difícil para mim expressar-me acerca de dança”.

Com a letra da sua autoria, o single conta com a colaboração do MC Poettae a participação dos músicos Jorge Almeida (Guitarra), Vando Pereira (Baixo) Magik Santiago (Bateria), Carlos Ferro (percussão), Deiri Lopes (Teclado), Fattú Djakité (coro) e com a captação, mixagem e masterização de Ivan Medina (Doctor Studio).

Primeiro EP

O título do EP, segundo Djam é uma palavra que representa a pronúncia da palavra Raíz em crioulo. “O significado vem do contexto de criação, pois foi numa viagem de regresso à Portugal, após seis anos fora, que eu reencontrei com uma parte de mim, o ambiente artístico, as memórias e então senti que tinha voltado às raízes da minha prática artística”.

“Raíss” terá uma sonoridade cruzada entre o africano, cabo-verdiano e os ritmos jazz e funk music.

“Terá cinco temas. Tinha uma ideia do que queria mas com o passar do tempo estou inclinado a trocar as músicas. Sei que haverá um tema «Lua» do Princezito, que já me autorizou a faze-lo. Os outros temas já têm as melodias feitas mas quero rever”, frisou o artista multifacetado.

Djam Neguin tem uma carreira no teatro como actor e encenador, e um amor por cinema, desenvolve trabalhos profundos de performance art, tirando o facto de ser produtor freelancer e CEO da sua empresa Yakuarella, que agencia artistas e presta inúmeros serviços na área de eventos, animação e entretenimento.

Além disso, Djam encontra tempo para a música, um talento que até há pouco tempo anónimo, nos últimos meses tem sido visto e ouvido em vários locais e eventos, envolvido pelos acordes de jazz, funky music, world music e rnb.

Com esse projecto Djam não pretende desistir da dança, pois considera que as duas áreas (dança e música) são as metades da laranja.

“Continuarei sem dúvida a dançar, dar aulas de dança, coreografar e fazer performances. São várias facetas da mesma pessoa”, citou.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,4 jan 2018 14:57

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  4 jan 2018 14:57

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.