Morreu Aretha Franklin, a rainha do Soul

PorExpresso das Ilhas, Agências,16 ago 2018 13:49

Na segunda-feira, a agência de notícias Associated Press tinha já garantido que Aretha Franklin estava “seriamente doente”, citando uma fonte próxima e sem avançar quaisquer pormenores. Aretha Franklin, conhecida como a rainha da Soul, morreu hoje aos 76 anos.

Desde 2010, ano em que lhe foi diagnosticado um cancro no pâncreas, que o estado de saúde de Franklin enfrentava altos e baixos, escrevia o diário britânico The Guardian. Depois de uma operação, a cantora foi sujeita a uma série de tratamentos que a fizeram perder muitos quilos, mas continuou a dar concertos.

No ano passado, mais debilitada, Franklin anunciou que se retirava dos palcos, embora mantivesse o seu trabalho de estúdios e estivesse disponível para uma ou outra actuação em eventos especiais. Foi o que aconteceu em Novembro, numa gala em que se celebravam os 25 anos da fundação de Elton John de luta contra a sida. Franklin fechou a noite em Nova Iorque com uma colecção de canções que incluiu I say a little prayer e Freeway. No mesmo mês lançou aquele que é, à data, o seu último álbum — A Brand New Me. Ficar em casa sem fazer nada, dizia, não estava nos seus planos.

Aretha Franklin morreu esta quinta-feira, avança a Associated Press, que está a citar a publicista da cantora. Conhecida como a rainha do soul, Aretha Franklin tinha 76 anos e morreu em sua casa, na cidade de Detroit, às 9h50 locais (12h50 em Portugal Continental). Sofria de cancro no pâncreas e o seu estado de saúde deteriorou-se significativamente nos últimos dias.

"Num dos momentos mais sombrios das nossas vidas, não conseguimos encontrar as palavras apropriadas para expressar a dor que sentimos no nosso coração. Perdemos a matriarca e a rocha de nossa família", lê-se na declaração da família.

Para além do cancro no pâncreas, a lenda da música enfrentou vários problemas de saúde nos últimos anos que levaram ao cancelamento de vários concertos este ano.

Para a história da música ficam músicas como 'Respect', 'Natural Woman' ou 'I Say A Little Prayer'.

Aretha Franklin foi a primeira mulher a entrar para o Rock and Roll Hall of Fame e ganhou 18 Grammys ao longo da carreira.

Algumas das suas performances marcaram momentos importantes na história dos Estados Unidos. Aretha Franklin era uma amiga de longa data de Martin Luther King e cantou a música 'Precious Lord' no serviço fúnebre do líder dos direitos civis. A rainha da soul também se fez ouvir na cerimónia de tomada de posse de Barack Obama em 2009. 'America (My Country 'Tis of Thee)' foi a música escolhida para essa ocasião.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Agências,16 ago 2018 13:49

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 ago 2018 7:54

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.