Nelson Neves inaugura exposição dos 20 anos de carreira

PorDulcina Mendes,5 jun 2021 8:25

O artista plástico cabo-verdiano, Nelson Neves, inaugura no dia 9 de Junho a exposição “Retrospectiva Nelson Neves 2001-2021”, no espaço H2O em Differdange, Luxemburgo, com telas que mostram a vida quotidiana de Cabo Verde, como peixeiras, vendedeiras, montanhas e mar, “e também o passado industrial do Sul de Luxemburgo (origem da riqueza do Grão-Ducado)”.

A exposição estava prevista para ser inaugurada no ano passado, mas, devido à pandemia da COVID-19, foi adiada para este ano.

Nelson Neves explica que vão estar patentes entre 70 e 80 quadros de vários tamanhos telas que foram pintados entre 1998 e 2021. “Como sempre, para fazer as minhas pinturas inspiro-me no Luxemburgo, Europa, Cabo Verde e África”.

A exposição que tem o alto patrocínio da Ville de Differdange, pode ser visitada até o 27 de Junho. Durante a vernissage haverá música ao vivo com Ney Évora, Remo Cavallini and friends. “Será um momento de mistura de cultura, com músicos cabo-verdianos e luxemburgueses”.

20 Anos de carreira

Sobre os seus 20 anos de carreira, Nelson Neves faz um balanço positivo e explica que graças à pintura já viajou e expôs em vários países como a Bélgica, França, Itália e Cabo Verde.

“Em 2008, o Ministério da Cultura de Luxemburgo organizou uma semana de cultura luxemburguesa na Cidade da Praia que trouxe uma delegação integrada por actores, músicos, fotógrafos tendo sido também seleccionado para participar no evento”, conta.

Para Nelson Neves foi uma grande satisfação e alegria pois pela primeira vez pode mostrar as suas obras em Cabo Verde. “Foi também uma grande responsabilidade já que em Luxemburgo existem grandes artistas plásticos”.

Na mesma linha, afirma que a sua filosofia e maneira de viver é construir pontes culturais entre Luxemburgo e Cabo Verde. “Pontes servem para unir nações, muros só servem para separar povos”.

Nelson Neves defende que cada cabo-verdiano na diáspora é um embaixador de Cabo Verde pois, “se fizermos algo positivo, a nossa terra tem mais visibilidade. Quando dou aulas de pintura em Luxemburgo falo sempre de Cabo Verde e mostro aos jovens um pequeno filme sobre a minha terra”.

O artista frisou que muitas vezes saem artigos nos jornais de Luxemburgo sobre o seu trabalho. “A minha grande satisfação é que durante esses 20 anos as instituições têm-me facultado a possibilidade de dar aulas de pintura nas escolas e nos liceus. Sempre gostei de transmitir esse amor pela pintura aos mais pequenos, jovens, reclusos e deficientes”.

Nelson Neves pretende trazer uma parte dessa exposição para Cabo Verde, ainda este ano, e organizar um workshop de pintura para crianças. 

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 1018 de 2 de Junho de 2021.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,5 jun 2021 8:25

Editado pormaria Fortes  em  16 jun 2021 23:21

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.