Federação Italiana empenhada na introdução da esgrima em Cabo Verde

PorExpresso das Ilhas,16 abr 2017 11:05

O presidente da Federação Italiana de Esgrima, Giorgio Scarso, está trabalhar com o Comité Olímpico Cabo-verdiano, COC, para a implantação da esgrima, enquanto modalidade olímpica de eleição em Itália, no desporto nacional. Tudo isto para que Cabo Verde possa estar representado em grandes eventos internacionais.

As duas partes reuniram-se esta terça-feira, na sede do COC, onde Giorgio Scarso, que também assume as funções do vice-presidente do Comité Olímpico Italiano, apontou as possibilidades dos dois comités colaborarem no sentido de atenderem às exigências que uma modalidade como a esgrima implica, com vista à sua promoção em Cabo Verde.

Sócio honorário da “Associação de Amizade Itália Cabo Verde “Kriol-Ità”, Giorgio Scarso avança desde já que o projecto passa essencialmente pela aposta na criação de escolas para crianças mediante a formação de monitores e instrutores capacitados para a promoção desde modalidade.

Aposta em planear um leque de actividades para a promoção de crianças na prática da esgrima sobretudo no ensino básico e secundário, para que posteriormente Cabo Verde possa ter a sua Federação Cabo-verdiana de Esgrima e juntar-se aos 155 países do mundo que se dedicam à prática da esgrima”. Para Scarso esta iniciativa é uma forma de promover o desporto e a acultura da esgrima no mundo.

Giorgio Scarso considera mesmo que com um trabalho bem delineado Cabo Verde poderá já nos próximos anos contar com atletas capazes de participarem em provas internacionais de esgrima, uma oportunidade que ele considera imprescindível para a integração do desporto cabo-verdiano no contexto mundial.

Aponta mesmo 2019, altura em que Cabo Verde acolhe os I Jogos Olímpicos de Praia como uma grande oportunidade para que o país possa promover esta modalidade, assegurando mesmo que na qualidade do vice-presidente do Comité Olímpico Italiano tem todo o interesse em estabelecer um protocolo com Cabo Verde para a implantação da esgrima nestas ilhas.

 

Criação de bases

Para a presidente do COC, Filomena Fortes, já estão a ser dados os primeiros passos para a implantação da esgrima no país, mas reconhece que ainda há um caminho longo a percorrer. Ainda assim disse ter confiança na Federação Italiana de Esgrima para que já no próximo ano estejam criadas as bases para a criação da Federação de Esgrima de Cabo Verde.

Para Fortes, o mais importante é que esta modalidade passe a ser conhecida no país e comece a ser praticada, principalmente pelas crianças, para que os jovens possam conhecer mais modalidades e poderem ter um leque de escolhas.

Com as Forças Armadas, o COC já estabeleceu um primeiro encontro e acredita que existe uma abertura total do Chefe do Estado Maior no sentido de se começar a dar os primeiros passos na introdução desta disciplina olímpica em Cabo Verde, a partir das três regiões militares das Forças Armadas, que poderá inicialmente passar pela criação de associações e posteriormente pela Federação.

O COC aproveita a presença do vice-presidente do Comité Olímpico Italiano no país para a assinatura de protocolos em diversas áreas. 

A delegação italo-cabo-verdiana realiza esta quarta-feira uma vista ao ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, seguida de uma visita guiada ao Estádio Nacional para na quinta-feira encontrar-se com o Chefe do Estado Maior das Forças Armadas, no Quartel Militar Justino Lopes, onde fará a doação de materiais de esgrima aos militares.

Cabo Verde, segundo Filomena Fortes, conta actualmente com 18 modalidades olímpicas a serem desenvolvidas, segundo o “Mapa do Desporto”, que se baseia num documento produzido pela organização internacional SportImpact, do qual a Esgrima está entre as demais.

Por recomendação do Comité Olímpico Internacional, afiança o COC, é importante o desenvolvimento de mais modalidades desportivas de acordo com os desejos da população.

 

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 802 de 12 de Abril de 2017.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,16 abr 2017 11:05

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  13 abr 2017 11:20

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.