Participação de atletas nacionais de xadrez no Open Portugal-2018

PorSidney Spínola,25 fev 2018 14:44

​O Torneio Internacional de Xadrez - Open Portugal 2018, considerado o maior torneio alguma vez realizado em Lisboa – Portugal, contou com 41 nacionalidades e Cabo Verde esteve representado por 8 atletas que se deslocaram das ilhas do Sal e da Praia para participarem pela 1ª vez no evento. Falamos de Sidney Spínola, MI Mariano Ortega, Jamilson Gomes, Emanuel Gomes, Carlos Moniz (atletas do Sal) e de Luís Barros, Lindo Barros e Aguinaldo Vera-cruz (atletas da Praia) que durante os dias 3 a 9 de Fevereiro fizeram parte dos 272 participantes do Open.

O nível do torneio era bastante elevado com presença de 30 Mestres Internacionais e 19 Grandes Mestres mas o objetivo principal dos nossos atletas nacionais foi cumprido, pois todos eles conseguiram pontuar e 4 deles, que ainda não tinham ranking, passam agora a ter ranking internacional (Elo), Arlindo Barros, Jamilson Gomes, Emanuel Gomes e Carlos Moniz que irão aumentar para 13 o número de jogadores Cabo-verdianos com ranking.

Algumas curiosidades do Torneio: Cabo Verde foi a 5ª nacionalidade estrangeira mais representada; Arlindo Barros e Sidney Spinola foram os primeiros atletas nacionais cabo-verdianos a se defrontarem num torneio internacional fora de Cabo Verde, aconteceu na 7ª ronda do torneio; Jamilson, Emanuel, Arlindo, Luís Barros e Carlos Moniz participaram pela 1ª vez num torneio internacional de Xadrez.

E no dia 10 de Fevereiro foi realizado o Open Portugal-2018 em Semi-rápidas com a presença de 9 atletas nacionais com destaque para Janice dos Reis que fez história como a 1ª atleta feminina Cabo-verdiana a participar num torneio internacional de Xadrez. A atleta sub-20 do Sal que atualmente reside em Portugal a estudar em Aveiro, abriu assim as portas a mais atletas femininas nacionais nesta modalidade e também destaques para outros 2 jovens estudantes nacionais a residirem em Portugal - Ailton Santana (Leiria) atleta também do Sal que fez assim a sua estreia em torneios oficiais participando nas Semi-rápidas e Marcos Gonçalves (Abrantes) atleta da ilha de Chiquinho, São Nicolau, também deu o seu contributo ao Xadrez Nacional nas Semi-rápidas.

O outro objetivo da participação dos nossos atletas nacionais era o de ganharem experiência em eventos internacionais e competição para prepararem para as Olimpíadas de Xadrez que serão organizadas em Setembro de 2018 pela FIDE, onde Cabo Verde poderá participar pela 1ª vez na história e alguns destes atletas poderão inclusive vir a fazer parte da selecção nacional de Cabo Verde.

No dia 12 de Fevereiro o atleta e presidente da AXSAL – Associação de Xadrez do Sal, Sidney Spinola acompanhado do Mestre Internacional Mariano Ortega e Jamilson Gomes fizeram uma visita de cortesia ao Excelentíssimo Sr. Embaixador de Cabo Verde em Portugal Dr. Eurico Correia Monteiro onde entregaram uma camisola em nome do Xadrez Nacional e fizeram um resumo da participação de todos os atletas nacionais no Open Portugal-2018, mostrando as fotos dos participantes durante as competições, e por seu turno ficou a promessa do Sr. Embaixador de mais apoios nas próximas participações dos nossos atletas nacionais em eventos do género, nomeadamente nas questões de logística e de alojamento.

Um muito obrigado, da nossa parte, à Câmara Municipal do Sal, Embaixada de Cabo Verde em Portugal, ao “Estrategizando” e também à FPX – Federação Portuguesa de Xadrez!

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 847 de 21 de Fevereiro de 2018.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sidney Spínola,25 fev 2018 14:44

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  25 fev 2018 14:44

pub.

pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.