CV Next: onde Cabo Verde do futuro acontece

PorAdilson Pereira,15 abr 2018 17:38

​A finalidade é promover a ciência, tecnologia e inovação no país, e projectar Cabo Verde para o futuro. Com este mote, vai decorrer durante três dias, 16, 20 e 21 de Abril, um encontro nacional sobre estas temáticas, denominado Cabo Verde Next (ou CV Next).CV Next terá lugar na Cidade Velha, município de Ribeira Grande de Santiago, e vai reunir mentes criativas e inovadoras, estudantes, académicos, homens de negócios, empreendedores e políticos.

Como o nome já aponta, a marca CV Next é o passo mais próximo do futuro que Cabo Verde pretende dar, em termos de tecnologia, inovação e ciência. Para construir o futuro no presente, o Governo associa-se à sociedade civil e ao sector empresarial.

CV Next é uma iniciativa do gabinete do Primeiro-Ministro, mas a sua materialização é fruto de uma parceria público-privada. “Nós entramos no domínio da produção, no que poderíamos levar de novo para o projecto, desde o cenário, o local escolhido” refere Banzi Pires, mentor do Sigui Sabura, empresa responsável pela produção do CV Next.

“A ideia do projecto é criar uma espécie de think tank onde se leva em conta inovação, tecnologia e ciência. É um conceito que visa a criação de um certo mindset em prol da tecnologia”, explica Pires.

A pretensão do Governo é fazer do arquipélago um centro digital, capaz de atrair pessoas do mundo inteiro e de todos os sectores industriais, no sentido de melhorar as condições humanas, tanto no país, como no continente e no mundo.

“CV Next vai trazer alguns oradores de fora e promover a partilha de experiências” diz Pires. Em Cabo Verde, ciência e tecnologia ainda são vistas como algo distante. “Trazendo-os para o país tem-se a possibilidade de ver de perto, partilhar experiências com as pessoas que estão por dentro dessas áreas, e também servir como network”, sublinha.

Para o organizador do CV Next, já há algumas pessoas a actuar neste sentido mas ainda há lacunas. “Não têm um foco ou um meeting point onde se pode encontrar todas as pessoas, como por exemplo a Web Summit em Portugal”, diz.

A projecção de Cabo Verde para o futuro, em termos de inovação, é a ambição do CV Next. E para ser o farol que mostra o caminho do futuro, CV Next começará por ser a montra das inovações empreendidas por cabo-verdianos aonde quer que estiverem.

A marca CV Next não se define unicamente pelo ângulo tecnológico. “É a maneira de pensar o produto. Vejo-o como um think tank”, diz Banzi Pires, que acima de tudo vê a iniciativa como um input para a mudança de atitude.

A base de lançamento do Cabo Verde do futuro vai ser no ponto onde ele germinou como país,na Cidade Velha. “Faz mais sentido levar-lhes a um espaço que é emblemático e que lhes fica na memória do que organizá-lo entre as quatro paredes dos hotéis”, salienta.

O lançamento do CV Next acontece sob o propósito de criar uma comunidade de milhares de pessoas inteligentes, curiosas e criativas, trabalhando para construir um futuro melhor, diz a nota do Governo.

Um ponto de viragem…

Mais do um ponto de encontro dos diferentes players do mercado, CV Next tem a ambição de ser também um ponto de viragem. “Ultimamente, temos constatado um grande interesse de cabo-verdianos radicados na diáspora que quererem investir aqui. CV Next pode ser uma ponte para os trazer, mas também para a criação de conexão com as pessoas que estão aqui”, revela Banzi Pires.

“Cabo Verde está numa fase em que as pessoas querem re-conectar-se com ele, por isso, temos que ter plataformas e conceitos para facilitar”, considera Pires. “CV Next é para incentivar as pessoas a começar a colocar produtos no mercado, mas também preparar-se para novas tendências sobretudo no sector do turismo”, diz Banzi.

Não só se espera que para o próximo ano haja mais CV Next, como também seja realizado noutras ilhas, sem perder de vista a aposta na sua internacionalização.

Programa do evento

O evento arranca na segunda-feira, 16 de Abril, com visitas às empresas do sector da tecnologia. Maior volume de actividades está agendado para o dia 21 de Abril. Um showcase sobre WebLab, iniciativa do Ministério da Educação, dará início ao programa desse dia, no Pelourinho.

À tarde, na Sé Catedral, vários convidados, nacionais e internacionais farão apresentação sobre as temáticas como “Talento e Educação” ou “Smart City”. Sobre a temática “Talento e Educação” vai ter a intervenção do co-fundador e chefe de educação, Beta-I Portugal, Ricardo Marvão, da ministra da educação, Maritza Rosabal e do administrador do NOSi, António Fernandes.

Para fazer a apresentação sobre do tema “Smart City”, CV Next escalonou o presidente da Venture Cafe Global Institute, Travis Sheridan, Principal Engineering, Intel Corporation John Vicente, e o PCA da CVTelecom, José Livramento.

O encerramento do programa será feito pela conversa entre o Primeiro-Ministro Ulisses Correia e Silva e o CEO da Cambridge Innovation Center, Tim Rowe.


Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 854 de 11 de Abril de 2018.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Adilson Pereira,15 abr 2018 17:38

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 abr 2018 17:38

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.