Mel é um antibiótico natural

PorExpresso das Ilhas,9 jun 2021 10:31

Pode até parecer mais uma das receitas das nossas avós, mas novos estudos apontam o grande poder bactericida do mel.

Um estudo elaborado por Susan M. Meschwitz aponta o mel como um antibacteriano natural, relatando que “uma característica única reside na sua capacidade de combater a infecção em vários níveis, tornando mais difícil a resistência das bactérias”.

Meschwitz explica que o mel faz uso de uma combinação de “armas”, incluindo peróxido de hidrogénio, a acidez, o efeito osmótico, alta concentração de açúcar e polifenóis, que matam activamente células bacterianas.

O efeito osmótico, que se deve à elevada concentração de açúcar no mel, extrai água das células bacterianas, causando assim uma desidratação e morte das bactérias.

Outros estudos, mostram que o mel também tem o poder de inibir a formação de comunidades de bactérias causadoras de doenças e o quorum sensing. Meschwitz disse que outra vantagem do mel é que ele não actua nos processos mais essenciais do crescimento das bactérias – justamente o que fazem os antibióticos convencionais.

Assim, ao invés de facilitar o desenvolvimento de gerações futuras de bactérias resistentes ao remédio, ele as elimina e não fortalece culturas resistentes.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,9 jun 2021 10:31

Editado porSara Almeida  em  9 jun 2021 10:31

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.