Homens que tomam Viagra têm "dobro do risco de cegueira"

PorExpresso das Ilhas,8 abr 2022 9:10

Cientistas dos Estados Unidos analisaram dados de 213 mil homens que tomavam medicação para a disfunção eréctil, segundo o jornal The Sun.

Segundo os investigadores, indivíduos que tomavam regularmente quatro fármacos comuns contra a impotência - Viagra, Cialis, Levitra e Stendra - apresentavam um risco significativamente mais elevado de desenvolverem uma condição ocular grave - mais especificamente até 85%, comparativamente a homens que não tomavam qualquer medicamento do género.

Entre essas condições oculares graves, destaca-se o descolamento da retina, uma condição em que os pacientes experienciam flutuações na visão e o suprimento de sangue danificado para o nervo óptico, levando à perda de visão.

O líder da pesquisa Mahyar Etminan, da Universidade da Colúmbia Britânica, alertou que há uma "forte ligação" entre três problemas oculares e as drogas.

E exortou os homens que tomam medicamentos para a impotência a "procurarem aconselhamento médico" caso experienciem quaisquer mudanças na sua visão.

Especialistas temem que os comprimidos impactem o fluxo sanguíneo para o olho, desencadeando problemas de visão.

A disfunção eréctil, também conhecida como impotência, é a incapacidade de manter uma ereção.

O estudo, publicado no jornal académico Oftalmolofy JAMA, analisou um grupo de medicamentos chamados inibidores da fosfodiesterase tipo 5.

A família de fármacos inclui Viagra e o seu equivalente genérico, Sildenafil.

"Estes medicamentos tratam a disfunção erétil, melhorando o fluxo sanguíneo, mas sabemos que também podem dificultar o fluxo sanguíneo noutras partes do corpo", acrescentou Etminan.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

Viagra

Autoria:Expresso das Ilhas,8 abr 2022 9:10

Editado porAndre Amaral  em  8 abr 2022 9:10

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.