Presidente de Itália dissolve Parlamento e abre caminho a eleições antecipadas

PorExpresso das Ilhas,22 dez 2012 23:00


O presidente italiano, Giorgio Napolitano, dissolveu hoje o Parlamento na sequência da demissão do primeiro-ministro, Mario Monti, abrindo caminho para a realização de eleições antecipadas em fevereiro.

Depois de reuniões com os líderes políticos, o Presidente assinou o decreto que dissolve o Parlamento e dá, assim, sequência ao processo de realização de eleições antecipadas, nas quais a participação do agora antigo primeiro-ministro permanece ainda indefinida.

Monti foi nomeado há cerca de 13 meses para evitar que a Itália caísse numa situação similar à da Grécia, obrigada a pedir ajuda internacional e incapaz de suportar os encargos com os juros da dívida pública, e acabou por demitir-se depois do partido de Silvio Berlusconi ter retirado o apoio ao Executivo, depois de conseguir trazer o encargo com os empréstimos para níveis suportáveis.

O antigo comissário europeu e primeiro-ministro italianoo dará hoje uma conferência de imprensa onde deverá esclarecer se tenciona ou não candidatar-se ao cargo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,22 dez 2012 23:00

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.