Governo espanhol admite suspender autonomia da Catalunha

PorExpresso das Ilhas,18 out 2017 9:16

A vice-presidente do governo espanhol confirmou hoje que Madrid admite suspender totalmente ou parcialmente a autonomia da Catalunha se os dirigentes separatistas não renunciarem à declaração de independência, num prazo de 24 horas.

 

Puigdemont (presidente da Generalitat) vai provocar a aplicação do artigo 155 da Constituição" que permite suspender a autonomia, disse Soraya Saenz de Santamaria.

O governo vai contactar o PSOE e o partido Ciudadanos antes de aplicar o artigo 155 porque quer contar "não só com a maioria absoluta do Senado", mas também com uma ampla maioria do Congresso" disse ainda a vice-presidente do Executivo do Partido Popular.

A posição do Executivo foi transmitida durante uma sessão do Congresso, em Madrid, que ainda decorre, e após uma pergunta do líder do Ciudadanos, Albert Rivera, numa altura em que faltam 24 horas para a resposta ao segundo requerimento dirigido ao presidente da Generalitat, Carles Puigdemont.

 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,18 out 2017 9:16

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 out 2017 9:16

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.