ONU revela a morte de 10 civis em bombardeamento da NATO no Afeganistão

PorExpresso das Ilhas,8 nov 2017 18:30

A missão da ONU no Afeganistão (UNAMA) revelou hoje que 10 civis, pelo menos, morreram na sequência de um bombardeamento da NATO, em 04 de Novembro, na província de Kunduz, no norte do país.

A missão da ONU no Afeganistão (UNAMA) revelou hoje que 10 civis, pelo menos, morreram na sequência de um bombardeamento da NATO, em 04 de Novembro, na província de Kunduz, no norte do país.

 

Os civis encontravam-se na zona dos bombardeamentos "obrigados pelas forças antigovernamentais, para (ali) recuperarem os corpos de um combate anterior", adiantou a UNAMA através da conta no Twitter.

O número de mortos foi apurado depois de ouvidos "múltiplos sobreviventes, médicos e outros cidadãos, que deram fortes razões para crer na existência de civis entre as vítimas".

Na segunda-feira passada, a missão da NATO no Afeganistão assegurou, em comunicado, não ter reunido provas de baixas civis, depois de ter realizado a sua própria investigação.

Na operação realizada na área, a NATO detectou a morte de "numerosos combatentes inimigos".

Nos primeiros nove meses deste ano, 2.640 civis morreram, enquanto 5.379 ficaram feridos, o que significa a primeira redução de vítimas civis desde 2012 no conflito no Afeganistão, que começou em 2001, de acordo com a UNAMA.

 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,8 nov 2017 18:30

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  8 nov 2017 16:49

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site