Papa expressa "tristeza" pelos ataques mortais no Sri Lanka

PorExpresso das Ilhas, Lusa,21 abr 2019 12:00

O Papa Francisco expressou hoje a sua "tristeza" perante os ataques mortais no Sri Lanka neste domingo de Páscoa, mostrando-se próximo de "todas as vítimas de tal violência cruel".

O ministro da defesa do Sri Lanka avançou hoje que foram detidos sete suspeitos relacionados com a série de oito explosões na ilha que mataram, pelo menos, 190 mortos e 469 feridos. 

O Papa disse perante milhares de pessoas concentradas na Praça de São Pedro, no Vaticano, a assistir à missa pascal que "Soube, com tristeza, da notícia dos graves atentados, precisamente hoje, dia de Páscoa, que trouxe dor e luto em várias igrejas e outros locais de encontro no Sri Lanka".

"Desejo expressar a minha proximidade afectiva à comunidade cristã, que estava reunida, e a todas as vítimas de tão cruel violência. Confio ao Senhor aqueles que desapareceram tragicamente e rezo pelos feridos e por todos aqueles que sofrem por causa deste evento dramático", acrescentou o pontífice durante a celebração da missa pascal.

Antes, o Papa Francisco presidiu à celebração da Missa da Ressurreição de Cristo, mas decidiu não realizar a homilia.

Na bênção "Urbi et Orbi" ("para a cidade e para o mundo"), o Papa falou dos conflitos e outras dificuldades no mundo.

Além dos atentados registados esta manhã, esta época pascal foi também marcada pelo incêndio da Catedral de Notre Dame, em Paris.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,21 abr 2019 12:00

Editado porDulcina Mendes  em  21 abr 2019 16:00

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.