Pelo menos 18 mortos em inundações no Uganda

PorExpresso das Ilhas, Lusa,24 abr 2019 8:23

(arquivo)
(arquivo)

Pelo menos 18 pessoas morreram devido a chuvas torrenciais que atingiram desde segunda-feira o leste do Uganda, informou na terça-feira a Cruz Vermelha naquele país.

A porta-voz da Cruz Vermelha do Uganda, Irene Nakasiita, disse à agência de notícias France-Presse que há a registar "18 vítimas mortais, incluindo um adulto e 17 crianças".

"Muitos edifícios foram levados [pela água], outros tiveram o seu telhado arrancado, as colheitas foram destruídas", acrescentou, afirmando que "as equipas no local não puderam completar o balanço devido a novas chuvas torrenciais na região". 

A aldeia de Bulembo, no distrito oriental de Buyende, foi particularmente atingida pelo mau tempo, segundo a polícia ugandense, que contabilizou 13 mortos. 

O chefe do distrito onde a aldeia de Bulembo está localizada indicou que o balanço pode ser mais pesado: "Achamos que 20 a 30 pessoas morreram nas chuvas torrenciais", afirmou William Kiiza. 

"Há corpos presos em estruturas destruídas, as famílias também relatam a existência de parentes desaparecidos", acrescentou. 

O responsável adiantou que a violência do fenómeno meteorológico não tem precedentes na região.

O Uganda vive normalmente duas estações chuvosas por ano, de Março a Maio e de Setembro a Dezembro.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,24 abr 2019 8:23

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  24 jan 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.