COVID-19: Papa pede suspensão temporária dos direitos das vacinas durante concerto

PorExpresso das Ilhas, Lusa,8 mai 2021 9:44

O Papa Francisco vai pedir hoje a suspensão temporária dos direitos de propriedade intelectual das vacinas contra o coronavírus, numa mensagem de vídeo que será transmitida num concerto nos Estados Unidos da América.

A posição do Papa será divulgada hoje no “Vax Live”, o concerto da campanha destinada a arrecadar fundos para a distribuição de vacinas em todo o mundo.

Na sua mensagem, Francisco apoia a recente posição do Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e apela a “um espírito de justiça” que mobilize o mundo a “garantir o acesso universal à vacina e a suspensão temporária dos direitos de propriedade intelectual”, segundo informação avançada pela agência de notícias espanhola, Efe.

O Papa Francisco volta a defender que é preciso um “espírito de comunhão” que permita “gerar um modelo económico diferente, mais inclusivo, justo e sustentável”.

Na sua mensagem, alerta para o que chama serem as “variantes do vírus”: uma é o “o nacionalismo fechado, que impede, por exemplo, uma internacionalização das vacinas” e “outra variante é quando colocamos as leis do mercado ou da propriedade intelectual acima das leis do amor, da saúde e da humanidade ”.

“Quando criamos e promovemos uma economia doentia, que permite que uns poucos muito ricos possuam mais do que todo o resto da humanidade, e que os modelos de produção e consumo destruam o planeta, nossa casa comum" foi outra das variantes identificas pelo Pontífice.

Transmitida durante um concerto, a mensagem identifica o Papa como um “velho que não dança nem canta como tu, mas que acredita contigo que a injustiça e o mal não são invencíveis”.

Lembrando as mortes e sofrimento causados pela pandemia,o Papa Francisco pede "que não se esqueçam dos mais vulneráveis", alertando o facto de esta pandemia estar a contribuir "para o agravamento das crises sociais e ambientais”.

No seu discurso volta a repetir uma das ideias que mais tem repetido nos últimos tempos: "Não te esqueças que não saímos iguais de uma crise, ou saímos melhor ou pior".

O "Vax Live", organizado pela organização não-governamental (ONG) Global Citizen, será apresentado pela cantora Selena Gomez e contará com a participação de inúmeras personalidades, desde o Presidente Joe Biden aos duques de Sussex, estando previstas atuações de cantores como Jennifer Lopez, Eddie Vedder, Foo Fighters, E.L.L.E. ou J. Balvin.

A Global Citizen é uma ONG californiana que tem entre os seus sócios personalidades como a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outras grandes entidades mundiais.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.258.595 mortos no mundo, resultantes de mais de 155,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,8 mai 2021 9:44

Editado porSara Almeida  em  8 mai 2021 18:41

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.