Operações humanitárias em Gaza cessam em 48 horas por falta de combustível

PorExpresso das Ilhas, Lusa,13 nov 2023 14:21

​O responsável da agência da ONU para os refugiados palestinianos (UNRWA) em Gaza alertou hoje que as operações humanitárias vão cessar dentro de 48 horas, já que não foi permitida a entrada de combustível no território.

"A operação humanitária em Gaza será interrompida nas próximas 48 horas, uma vez que nenhum combustível foi autorizado a entrar em Gaza", que está cercada pelas tropas israelitas, declarou Thomas White na rede social X (antigo Twitter).

"Esta manhã, dois dos nossos principais subcontratantes de distribuição de água pararam de funcionar -- simplesmente ficaram sem combustível --, o que vai privar 200 mil pessoas de água potável...", sublinhou o responsável da ONU.

Segundo White, "nenhum combustível entrou em Gaza desde 07 de Outubro".

"Uma decisão difícil -- combustível para um hospital ou combustível para produzir água potável -- ambos salvam vidas. Infelizmente, esta não é uma hipótese", lamentou.

Na Faixa de Gaza, mais da metade dos 2,4 milhões de habitantes estão deslocados e agora estão totalmente dependente da ajuda humanitária para sobreviver, argumentou o funcionário da UNRWA.

Os ataques levados a cabo pelo grupo islamita Hamas em 07 de Outubro causaram a morte de cerca de 1.400 pessoas e mais de 240 foram raptadas em Israel.

As autoridades da Faixa de Gaza, controlada pelo grupo islamita Hamas, contabilizaram no domingo 11.180 mortos, 3.250 desaparecidos nos escombros, 28.200 feridos e 1,5 milhões de deslocados, enquanto mais de 180 palestinianos foram mortos pelas forças israelitas ou em ataques de colonos na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,13 nov 2023 14:21

Editado porAndre Amaral  em  12 abr 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.