Passageiros da TACV desesperados. Companhia à procura de soluções

PorLourdes Fortes,12 set 2017 15:06

3

Os clientes da TACV com viagens canceladas desde a semana passada, devido à avaria no único B757 da companhia continuam a desesperar com a falta de respostas da empresa aérea sobre o reagendamento dos voos.

 

Em terra ficaram passageiros com destino à Europa, Estados Unidos e Brasil. Esta manhã muitos desses passageiros concentraram-se à porta da delegação da TACV, no Mindelo, à procura de respostas, sem sucesso.

Marília Dias está a espera de viajar desde o dia 7.

“O meu voo para Lisboa estava marcado para o dia 7. É o terceiro dia seguido que venho cá para confirmar a data da minha viagem mas não nos disseram nada. Sabemos que estão a negociar a possibilidade de recolocar as pessoas com destino a Holanda, Luxemburgo e França em voos a partir do Sal e da Praia e para nós com destino a Lisboa estão a tentar encaixar-nos nos voos da TAP, mas sem previsão”.

 

 

Também com destino a Lisboa, Zulmira Rodrigues deveria começar a trabalhar hoje.

“Começava a trabalhar hoje. Tive que ligar para a minha patroa para informar da minha situação porque disseram-me que não há uma previsão para a nossa viagem. Eu preciso de viajar com urgência porque corro o risco de perder o meu emprego”.

Num comunicado emitido ao final da manhã de hoje, a TACV afirma que continua à procura de soluções para o reencaminhamento dos passageiros através de outras companhias.

 

“A estratégia de protecção em companhias terceiras como a TAP, Royal Air Marrocos e SATA, continua a ser a solução mais viável estando, todavia, sujeita à disponibilidade de lugares”, lê-se no documento.

Segundo o documento “os mercados mais afectados são o da Praia e São Vicente, com passageiros retidos para a Europa, Brasil e Estados Unidos. A ilha do Sal não regista nenhum caso pendente”.

No mesmo documento, a TACV informa que continua à procura de um avião para fretar mas “sem sucesso pelas dificuldades do fim de época alta em todos os mercados”.

 

 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes,12 set 2017 15:06

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  13 set 2017 11:33

3

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site