Equipa médica italiana prevê realizar mais de 400 cirurgias oftalmológicas em São Vicente

PorInforpress, Expresso das Ilhas,20 dez 2017 10:17

A Associação de Amizade Itália – Cabo Verde – Kriol-Ità estará em São Vicente a partir de 27 deste mês, para a “II Missão Cirúrgica” no Hospital Baptista de Sousa (HBS), onde se pretende efectuar mais de 400 cirurgias oftalmológicas.

A presidente da Kriol-Ità, Maria Silva, avançou à Inforpress que esta missão enquadra-se no âmbito do protocolo com o Hospital Baptista de Sousa, assinado em São Vicente, em Abril último, visando promover o desenvolvimento sanitário da ilha, nas áreas da pediatria, neonatologia, cirurgia-geral e pediátrica, laparoscopia (diagnóstica e terapêutica) e cirurgia urológica.

Para esta segunda missão, que tem a duração de 12 dias, serão efectuadas, a pedido do HBS, cirurgias oftalmológicas programadas, estando esta unidade hospitalar na posse de uma lista de espera de cerca de 700 pacientes afectos de catarata, dos quais 57 considerados total bilateral.

Os beneficiários serão adultos e jovens provenientes do Norte do arquipélago (São Vicente, Santo Antão, Sal, São Nicolau, Boa Vista) com patologias ligadas à catarata ou outras doenças oftalmológicas, previamente seleccionados pelos médicos deste hospital, infra-estrutura que não dispõe, de momento, de recursos suficientes para este fim.

Durante a missão, explicou a presidente desta associação sediada em Roma, será envolvido o pessoal local em todos os âmbitos, com o fim de favorecer um “verdadeiro intercâmbio” de experiências e de conhecimentos recíprocos, assim como promover conferências e intercâmbios nas urgências.

Para esta missão, as partes contam com o apoio da Associação Falcinelli Onlus, uma ONG que nasceu da observação e da experiência vivida por pessoal de saúde qualificado com a intenção de procurar específicas soluções para a resolução de problemas de interesse oftalmológico.

A Falcinelli Onlus goza de uma vasta experiência internacional na prevenção e tratamento da cegueira, face a profissionalização dos médicos envolvidos e aposta na sua assistência à população carenciada, quer seja italiana, quer seja estrangeira com o fim de prevenir e tratar a cegueira com particular.

A ONG, que trabalha em regime de voluntariado e gratuitamente, está ainda ligada ao tratamento das patologias relacionadas com as alterações graves da córnea e que podem ser resolvidas, com sucesso, através da técnica cirúrgica definida osteo-odonto-queratoprótese desenvolvida pelo professor Giancarlo Falcinelli.

Constituí ainda objectivo desta colectividade, a difusão da técnica cirúrgica de osteo-odontoqueratoprótese, mediante processos de formação de médicos, médicos especialistas e pessoal de sala operatória e paramédicos no uso da mesma, mediante a instituição de bolsas de estudo específicas para a difusão da cultura do serviço ético às pessoas carenciadas.

Esta missão integra Maria Silva (responsável), a doutora Cristiana Vento Maria Cristina Petitti (voluntária), os cirurgiões oftalmologistas Vincenzo Petitti (líder da equipa médica) e Roberto Bonfili, o anestesista Pierluigi Margozzi, a enfermeira Patrizia Paone e os técnicos para os equipamentos Pietro Cannoli e Roberto Fastampa.

A Kriol-Ità nasceu há dois anos em Roma com o objectivo de reforçar as relações de amizade entre Itália e Cabo Verde no plano da cooperação descentralizada, mediante o diálogo entre instituições e sociedade civil.

Na sua primeira missão ao arquipélago, a associação trouxe uma equipa médica que, no âmbito de cirurgias programadas, conseguiu operar mais de 20 crianças em São Vicente, com malformação orológica.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Inforpress, Expresso das Ilhas,20 dez 2017 10:17

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.