​Cardeal Dom Arlindo considera "grave e chocante" desaparecimento de pessoas em Cabo Verde

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,26 dez 2017 11:34

Dom Arlindo Furtado
Dom Arlindo Furtado

O Cardeal Dom Arlindo Furtado considera “muito preocupante, grave e chocante” a situação de desaparecimento de pessoas em Cabo Verde. O Bispo da Diocese de Santiago levanta a possibilidade de haver “uma organização criminosa com intenções desconhecidas”.

Em declarações ao site da Diocese de Santiago, o Cardeal mostra-se ainda preocupado, sobretudo com o desaparecimento de crianças, crime que classifica de “hediondo e gravíssimo”.

Para Dom Arlindo, esta situação tem de ser resolvida e alerta as famílias, autoridades e a todos os cidadãos a estarem mais atentos e dispostos a contribuir no sentido de prevenir, evitar e denunciar esse tipo de crime.

Cabo Verde tem registado casos de desaparecimento de pessoas. Há mais de três meses registou-se o desaparecimento de uma mulher e filho na altura com apenas um mês. A jovem mãe de 19 anos teria saído de casa acompanhada do filho menor e tinham como destino o PMI na zona de Fazenda, Praia.

No dia 14 de Novembro, na zona de Eugénio Lima, Edvania Gonçalves, uma criança de 10 anos, desapareceu sem deixar rastos.

As autoridades policiais estão no terreno.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,26 dez 2017 11:34

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 dez 2017 11:34

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.