Morreu padre Camilo

Camilo Torassa
Camilo Torassa

​Luigi Torassa, conhecido como padre Camilo, faleceu ontem à tarde no Hospital de São Francisco de Assis, em São Filipe. A residir no Fogo desde Janeiro de 2017, o religioso era uma figura emblemática da igreja católica em Cabo Verde.

Recorda o jornal Terra Nova que o padre Camilo nasceu em Itália a 17 de Outubro de 1929 e entrou para o Capuchinhos em 1947. A 21 de Fevereiro de 1954 foi ordenado sacerdote, apresentando, poucos meses depois, o seu pedido para trabalhar em Cabo Verde.

A 30 de Janeiro de 1960 desembarcou em São Vicente, antes de rumar ao Fogo. Esteve São Lourenço e assumiu depois a paróquia da Senhora da Conceição, onde ficou por mais de 30 anos, até 1992. Foi pároco de Santa Catarina. Depois do Fogo passou por São Vicente, depois Brava - como pároco - a partir de 2002.

O Governo já lamentou a morte do religioso. 

"Cabo Verde agradece imensamente o tempo que este grande missionário, juntamente com os Irmãos Capuchinhos, dedicou na promoção da fé cristã e no desenvolvimento humano, social e cultural, destacando-se a sua proeminente liderança na consolidação de obras como a conhecida Casa Materna e a edificação da Escola Catequética João Paulo II", lê-se numa nota publicada no Facebook. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza,11 ago 2018 15:37

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  12 ago 2018 9:49

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.