ADAD realizou limpeza sub-aquática no Porto da Praia

PorExpresso das Ilhas, Lusa,3 set 2018 7:22

​A Associação para a Defesa do Ambiente e Desenvolvimento (ADAD) realizou domingo uma campanha de limpeza sub-aquática no Porto da Praia e pouco tempo do início das actividades já era visível uma considerável quantidade de lixo tirada do fundo do mar.

Segundo o porta-voz da ADAD, Aristides Reis, isto é apenas uma “pequena amostra” como está o fundo dos mares de Cabo Verde.

A iniciativa que, além de outros participantes, envolveu quatro mergulhadores profissionais, de acordo com Aristides Reis, visou, por um lado, “sensibilizar as autoridades nacionais, em particular, e a população em geral, sobre a problemática da poluição do mar”.

“Um outro objectivo que nos move é o de prevenir e proteger a biodiversidade marinha”, precisou Aristides Reis, que revelou que não conhece ao certo a quantidade de detritos que possam estar depositados no fundo da orla marítima da baía do Porto da Praia, acreditando que podem ser quantidades alarmantes.

Para o ambientalista, a acção desencadeada no Porto da Praia é “simbólica” e acaba por ser também um alerta à população em relação aos cuidados que deve ter no que diz respeito ao lixo.

A água do cais de pesca, onde se comercializa e se prepara o pescado “está poluída”, com consequências para a saúde pública.

“O peixe que consumimos é normalmente preparado com aquela água”, comentou Aristides Reis.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,3 set 2018 7:22

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  3 set 2018 16:18

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.