Beto Alves retira confiança política ao seu número dois

Beto Alves
Beto Alves

O Presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina de Santiago, Beto Alves, retirou, na semana passada, a confiança política ao vereador José Luís Semedo, número dois na lista do MpD nas autárquicas de 2016.

José Luís Semedo tutelava, até agora, o pelouro de Administração e Finanças.

Em comunicado enviado hoje à nossa redacção, a autarquia justifica a decisão afirmando que “desde há alguns meses, vinha sendo sendo visível que o referido vereador entrou numa clara linha de afrontamento ao presidente, criando uma agenda própria, intrometendo-se ilegitimamente em assuntos da competência de outros pelouros e, inclusive, permitindo-se ultrapassar os respectivos vereadores, quer convocando reuniões, emitindo, ainda, um despacho de deslocalização de uma funcionária e inquinando as ligações com funcionários do município, criando vários constrangimentos nas relações interpessoais”.

“Relações essas que se devem pautar pela lisura e a urbanidade”, refere a nota. 

“O nefasto e reiterado comportamento do Vereador José Luís Semedo, entre outras, configura uma objectiva situação de deslealdade para com o presidente da Câmara Municipal de Santa Catarina, o que é inadmissível”, lê-se no documento.

O comunicado refere também que Beto Alves considera, praticamente a meio do mandato, fazer alguns reajustes e acertar estratégias para “levar a bom porto os compromissos eleitorais assumidos nas eleições autárquicas de 2016 e, desde logo, reforçar os laços de cumplicidade, solidariedade e unidade interna da equipa”.

Retirada a confiança política ao vereador, o pelouro da Administração e Finanças fica sob a tutela directa do presidente da Câmara Municipal que, desde o início do mandato, acumula os pelouros do Urbanismo e Cooperação Descentralizada.

Contactado pela Rádio Morabeza, o Gabinete de Comunicação e Imagem da autarquia diz que o presidente não vai falar sobre o assunto, remetendo todos os esclarecimentos para o comunicado.

Entrámos em contacto, igualmente, com José Luís Semedo, que não se disponibilizou para dar entrevista, dizendo apenas que “na altura certa entrará em contacto”.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza,21 ago 2018 11:42

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 ago 2018 7:51

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.