Nissan Qashqai, anti-distracções

PorExpresso das Ilhas,1 out 2018 9:15

A Nissan, com o Qashqai, foi das primeiras marcas a entrar no mercado dos SUV. E com esse modelo lançou uma moda a que todas as outras construtoras acabaram, mais tarde ou mais cedo, por aderir.

No ano passado o Nissan Qashqai recebeu em meados de 2017 uma forte actualização de conteúdos, com destaque para o acréscimo de funcionalidades apresentado pelo sistema ProPilot, um assistente de condução que permite colmatar distracções do condutor.

Entre as funcionalidades deste sistema encontram-se o alerta de proximidade para o veículo da frente, o assistente de travagem de emergência, o alerta de desvio de via com correcções no volante e o cruise control activo, que permite manter a distância pré-estabelecida (a partir dos comandos no volante) para o carro precedente. Não sendo um veículo inserido no âmbito da condução autónoma, o sistema ProPilot ‘deixa’ que o veículo seja controlado autonomamente por breves segundos, assumindo que as marcações do asfalto sejam bem legíveis pelos sistemas do Qashqai.

Na prática, uma tecnologia prática e eficaz, que mantém o Qashqai dentro da sua via, numa solução bastante completa que aumenta a segurança do condutor, embora nem sempre tenha a disponibilidade do controlo da direcção por obra da falta de marcações no piso. Além disso, junte-se a segurança proporcionada pelo sistema de câmaras 360 (oferecendo uma visão superior do veículo) e o Qashqai apresenta-se como um dos modelos mais equipados em matéria de segurança.

Outras valências

Além do conjunto ProPilot, o Qashqai tem mais méritos. Muitos, justificando dessa forma os muitos anos de sucesso nos mercados. Orientado para o conforto, o Qashqai permite viagens muito tranquilas, com amortecimento competente e sem firmeza excessiva, o que lhe dá um carácter mais familiar. Com muito equilíbrio em curva, este Qashqai faz bom uso do eixo traseiro com esquema multibraço, não escondendo, ainda assim, a sua maior predisposição para o conforto e refinamento, algo que está bem conseguido nesta versão também pelos bons materiais e bordo e construção sem mácula. O objectivo da Nissan foi aumentar a sensação de qualidade a bordo, sendo justo dizer que esta geração cumpre com essa intenção.

Ainda no interior, o Qashqai tem dimensões que permitem acomodar quatro adultos sem problemas de maior (cinco com um pouco mais de aperto, mas é possível), com boas cotas habitáveis. Na bagageira, destaque para os 430 litros de capacidade, que podem ser expandidos para os 1598 litros com o rebatimento dos encostos dos bancos traseiros.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,1 out 2018 9:15

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  1 out 2018 9:15

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.