Sevenair reconhecida por Cabo Verde para formar técnicos de manutenção de aeronaves

PorExpresso das Ilhas, Lusa,3 ago 2021 9:19

A Agência de Aviação Civil (AAC) aprovou a Sevenair Academy, do grupo português Sevenair, como organização de formação de técnicos de manutenção de aeronaves, prevendo aquela organização formar pelo menos 12 técnicos do arquipélago por ano.

“A aprovação da nossa organização de formação de técnicos de manutenção de aeronaves por parte da AAC vem reforçar a nossa aposta naquele mercado. Acreditamos que Cabo Verde tem potencial para fazer crescer o seu mercado de aviação e ser uma referência regional nesta área”, disse hoje à Lusa Alexandre Alves, director comercial da Sevenair.

Segundo informação do grupo português, esta aprovação do regulador cabo-verdiano permite à Sevenair Academy “tornar-se na primeira organização de formação aprovada para formação de técnicos de manutenção de aeronaves em Cabo Verde”, autorizada a “conduzir formações e exames”, de acordo com as várias especificações da formação.

“Pretendemos assim reforçar o número de alunos oriundos de Cabo Verde e caminhar para um futuro não muito longínquo, em que possamos ter a actividade da formação feita toda em Cabo Verde”, disse ainda o responsável, acrescentando que a Sevenair Academy, a partir de agora, permite aos cabo-verdianos o reconhecimento da formação com vista à obtenção da licença EASA (Agência Europeia para a Segurança da Aviação) e da licença da AAC, “abrindo os horizontes de trabalho aqueles que pretendem trabalhar nesta área”.

“Contamos ter pelo menos 12 alunos [de Cabo Verde] por ano nesta área, tanto aqueles que se pretendem iniciar no sector como aqueles que fizeram formações da área noutros países e que por diversos motivos, entre os quais a falta de aprovação das certificações, não têm conseguido obter uma licença de técnico de manutenção”, explicou Alexandre Alves.

A Sevenair Academy já era desde 2019 a primeira organização de formação aprovada pela autoridade reguladora cabo-verdiana para formação de pilotos, e esta aprovação permite que “qualquer aluno do curso de técnico de manutenção de aeronaves” da organização “tenha apenas de efectuar um exame prático para obtenção do reconhecimento por parte da AAC”.

Desde 2019 que a Sevenair Academy, divisão de formação do grupo Sevenair, um dos principais grupos de aviação geral da lusofonia, tem vindo a manifestar o seu interesse no desenvolvimento do sector da aviação em Cabo Verde, tendo assinado um protocolo de cooperação com a Universidade de Cabo Verde.

Segundo informação do grupo português, a Sevenair Academy conta hoje com mais de 20 alunos activos oriundos de Cabo Verde, nos cursos de piloto e de técnico de manutenção de aeronaves.

“E pretende ampliar esse número, de forma a que cada vez mais cabo-verdianos sejam capacitados para eles próprios desenvolverem o sector da aviação no seu país”, apontou o grupo Sevenair.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,3 ago 2021 9:19

Editado porAndre Amaral  em  4 ago 2021 9:34

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.