Covid-19: Uma morte e 132 casos novos positivos nas últimas 24 horas

PorExpresso das Ilhas,20 jan 2022 20:39

Cabo Verde registou nas últimas 24 horas 132 casos novos positivos, 273 recuperados e uma morte por covid-19, no município de Santa Catarina, do total de 1.006 resultados recebidos dos laboratórios, e uma taxa de positividade de 13,1%.

De acordo com os dados actualizados pelo Ministério da Saúde, o país passa a contabilizar 1.924 casos activos 52.679 casos recuperados, 381 óbitos, 30 óbitos por outras causas e nove transferidos, perfazendo um total acumulado de 55.023 casos positivos.

Do total de 1.006 resultados recebidos, os 132 casos novos positivos foram registados em São Vicente (39), Praia (36), Ribeira Brava (nove), Brava (seis), Tarrafal, São Filipe, Porto Novo e Sal (cinco) cada um, Santa Catarina (quatro), Tarrafal de São Nicolau, São Miguel e Santa Cruz (três) cada um, São Domingos, Ribeira Grande e Paul (dois) cada e Boa Vista (um).

Em relação aos 273 casos recuperados, o município de São Vicente registou 81, Praia registou 70, Sal 22, Santa Catarina 21, São Filipe 20, Porto Novo e Ribeira Brava 15 cada um, Ribeira Grande nove, São Domingos e Boa Vista seis cada, Brava e Maio três cada, São Miguel e Paul com um caso cada.

Os concelhos da Ribeira Grande de Santiago, São Salvador do Mundo, Mosteiros, Santa Catarina do Fogo e Maio não registaram nenhum caso.

As autoridades sanitárias, no sentido de mitigar as consequências da pandemia de covid-19 apelam às pessoas para que adiram à campanha de vacinação que está a decorrer em todo o país, para que todos possam estar mais protegidos o mais rápido possível.

Reforçam também o apelo para que as pessoas cumpram o distanciamento social, usem máscara e pratiquem a higiene das mãos e demais recomendações das autoridades sanitárias, para evitar a propagação da covid-19.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detectada na África Austral e, desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta em novembro, tornou-se dominante em vários países.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,20 jan 2022 20:39

Editado porAntónio Monteiro  em  7 ago 2022 23:27

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.