Meio século de dessalinização em Cabo Verde

PorELECTRA S. A.,4 abr 2018 7:14

No âmbito do Programa “Viragem para a Dessalinização em Cabo Verde – 50 anos – 1968/2018”, a ELECTRA S.A., contando com a parceria da Associação Aga nos Vida, organizou um Fórum no Dia Mundial da Água, na Cidade do Mindelo.

O encontro teve o propósito de promover o diálogo e a troca de informações sobre a problemática da água e da seca em Cabo Verde, além da sensibilização para o uso eficiente da água. 

A abertura do Fórum foi feita pelo Presidente do Conselho de Administração da ELECTRA, Dr. Alcindo Mota, que no enquadramento geral do Programa realçou, entre outros aspectos, a importância da sustentabilidade do sector, que passa, também, pela utilização eficiente da água. Elencou como grandes desafios a qualidade da água que a Empresa faz chegar aos clientes, a quantidade suficiente e desejável quanto aos níveis demandados nos mercados onde actua, nomeadamente, nas ilhas de São Vicente e Sal, e Cidade da Praia. O combate às perdas técnicas e comerciais foi um outro grande desafio destacado.

Salientou, ainda, que a Empresa irá inaugurar, em Agosto do corrente ano, nas Ilhas de São Vicente e Sal, novas unidades de Produção de água, de dez mil metros cúbicos/dia cada, num investimento acima de 21 milhões de Euros, o que permitirá o aumento substancial da capacidade de produção e distribuição nessas duas ilhas.

Para a Cidade da Praia, actualmente com uma capacidade instalada de quinze mil metros cúbicos/dia, está-se a trabalhar num plano visando o aumento da capacidade de produção em mais cinco mil metros cúbicos/dia.

O programa “Viragem para a Dessalinização em Cabo Verde – 50 anos – 1968/2018”, contempla 3 momentos: 

Momento I – 22 de Março, Dia Mundial da Água 

- Fórum e visita à Nascente do Madeiral 

Momento II – Mês de Agosto (entre outras actividades) 

- Conferência Internacional: Água em Regiões Insulares e Sahelianos 

- Inauguração de Plantas Dessalinizadoras em São Vicente e no Sal, com capacidade cada de 10.000 m3/dia 

- Homenagens a ex-trabalhadores da Junta Autónoma das Instalações e Dessalinização de Água (JAIDA) 

Momento III – Mês de Novembro (entre outras actividades) 

- Palestra sobre a “Qualidade da Água” 

- Exposição fotográfica "50 anos da Viragem para a Dessalinização em Cabo Verde – 1968/2018" 

- Lançamento do livro “História de Abastecimento da Água à Cidade de Mindelo, S. Vicente – Fontes, Nascentes e Dessalinização”, por AGnVida

- Apresentação do Projecto do "Museu da Água de Mindelo".

image

O Momento I foi assinalado com sucesso, tendo o Fórum registado um grande número de participantes, que puderam ouvir e interagir com os palestrantes, técnicos capacitados, com experiência e domínio nas áreas de produção de água, gestão de recursos hídricos e saneamento, que apresentaram painéis de grande relevância para o sector. 

- O primeiro Painel, com apresentação do Eng. António Sabino, abordou “AS SECAS E A DESERTIFICAÇÂO EM CABO VERDE. AS TECNOLOGIAS DE CONTROLO DOS IMPACTOS” tendo partilhado a sua experiência e mostrado que a luta contra a desertificação e a mitigação do efeito das secas, particularmente a redução da erosão - sedimentação, a boa gestão dos recursos hídricos, só são possíveis se forem implementados programas e projectos que priorizem o desenvolvimento integrado das bacias hidrográficas, como unidades biofísicas e económicas. 

- O segundo Painel, apresentado pelo Eng Hernani Almeida, tratou o tema “DEMANDA DE ÁGUA NOS PRÓXIMOS TEMPOS”, com um apanhado do historial da ELECTRA, abarcando as principais unidades instaladas e as demandas de água nos últimos anos, as projecções de demandas de Água para o triénio de 2018-2020 e os Investimentos necessários. 

- O terceiro Painel, apresentado pela Engª Claudina Ramos, versou o tema “UTILIZAÇÃO RACIONAL DA ÁGUA”. Foi ressaltado que a ANAS e a ELECTRA têm trabalhado conjuntamente na monitorização da qualidade da água através da implementação do Plano de Controlo de Qualidade de Água (PCQA). 

- O quarto Painel, “CUIDADOS A TER NO ARMAZENAMENTO DE ÁGUA POTÁVEL”, contou com a apresentação da Drª Hirondina Évora, realçando todo o trabalho que a ELECTRA vem fazendo no sentido do controlo rigoroso da qualidade da água produzida e distribuída.

image

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

electra

Autoria:ELECTRA S. A.,4 abr 2018 7:14

Editado porExpresso das Ilhas  em  8 abr 2018 13:42

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.