UNICV organiza workshop sobre “Design de e-textiles”

PorSara Almeida,17 nov 2017 18:37

2

Tecidos, linhas condutoras, leds, sensores, colchetes… o têxtil juntou-se à electrónica num workshop da investigadora e designer de interacção Teresa Almeida, da Universidade de Newcastle (Inglaterra). A actividade, organizado pela Universidade de Cabo Verde, decorreu esta sexta-feira, no auditório do Campus do Palmarejo e pôs alunos e professores a coser e a criar circuitos eléctricos.

Tecidos, linhas condutoras, leds, sensores, colchetes… o têxtil juntou-se à electrónica num workshop da investigadora e designer de interacção Teresa Almeida, da Universidade de Newcastle (Inglaterra). A actividade, organizado pela Universidade de Cabo Verde, decorreu esta sexta-feira, no auditório do Campus do Palmarejo e pôs alunos e professores a coser e a criar circuitos eléctricos.

O workshop, denominado “Design de e-textiles: introdução aos circuitos têxteis”, apresentou circuitos têxteis construídos a partir de materiais com propriedade de condução de corrente eléctrica, e mostrou exemplos aplicados ao design de interacção e à prática artística.

Depois, foi a vez dos participantes porém em prática os conhecimentos adquiridos, em termos de circuitos electrónicos, mas também um momento de criatividade e concepção de acessórios. Ou melhor “e-acessórios”.  

Esta foi assim uma oportunidade de trabalhar os e-textiles, uma tendência cada vez mais em voga, mas ainda bastante recente e pouco falada em Cabo Verde, que reinventa a electrónica, tornando-a mais apelativa e mais acessível nomeadamente para as mulheres.

Nesta sua visita a Cabo Verde, Teresa Almeida, cujo trabalho usa também as tecnologias criativas como catalisador para temas sociais, derrubando temas tabus da corporalidade das mulheres, vai ainda participar Women Summit “Liderança Feminina”, um evento Womenise.it.

 

 

 

Teresa Almeida é, como refere a nota de imprensa do Workshop, doutorada em Human-Computer Interaction e foi laureada no programa da UN Women “Empower Women Champion for Change 2016/2017”. Em 2017, “fundou a Bitness, uma plataforma que pretende empoderar as mulheres e promover maior igualdade de género através da tecnologia e do design”, e que aliás, irá apresentar no Womenise.it.

 

Leia mais sobre o trabalho da investigadora/design Teresa Almeida na próxima edição do Expresso das ilhas, quarta-feira nas bancas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,17 nov 2017 18:37

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 nov 2017 18:41

2

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site