AME 2018 está a chegar

PorChissana Magalhães,24 mar 2018 7:07

Passado o “susto”, tudo parece estar bem encaminhado para que daqui a um mês se inaugure o nova Atlantic Music Expo (AME). Nova, a organização. O formato, esse mantém-se. E para já, com 200 inscrições até ao momento, as expectativas dos organizadores quanto às participações já foram superadas.

Com 17 mil contos se vai fazer o Atlantic Music Expo 2018. O orçamento é, segundo Augusto “Gugas” Veiga, 5 mil contos inferior ao habitual orçamento de produção dos últimos 5 anos e 15 mil contos mais barato do que o orçamento global do AME.

“Com esse orçamento vamos garantir um bom AME e uma boa visibilidade para Cabo Verde”, garante o produtor, um dos dez a assumir a organização e realização desta nova fase da feira atlântica. Do grupo já não faz parte a WOMEX, até aqui uma das principais parcerias do Ministério da Cultura na produção do evento.

Veiga não se cansa de vincar o importante papel que o leque de parceiros e patrocinadores do evento têm na continuidade do AME. A começar pelo Governo, através do Fundo do Turismo coordenando pela Direcção Geral do Turismo, é um dos principais financiadores. A Camara Municipal da Praia, a CVTelecom, o BCA, a Cavibel, a Garantia, o Grupo Oásis Atlântico e a ASA são os outros parceiros-chave. Quanto ao Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, até aqui o principal organizador e angariador dos recursos financeiros para a concretização do evento, resume agora a sua participação à cedência da marca e do Palácio da Cultura Ildo Lobo, que continua a ser o espaço para as conferências, workshops, reuniões one to one, e palco dos day case shows.

Tudo continuará a funcionar do mesmo modo. A Praça Alexandre Albuquerque irá acolher os já tradicionais stands de produtoras musicais, representação de artistas, câmaras municipais, artesãos, restaurantes e outros. A Rua Pedonal 5 de Julho e a Praçinha da Escola Grande recebem os dois palcos de rua onde irão acontecer a maior parte das 30 actuações previstas. Três destas serão na Ware House, na zona industrial de Tira-Chapéu, onde os 2 DJs cabo-verdianos e um estrangeiro irão animar a noite.

Das 200 inscrições recebidas só para a componente de actuação musical, o júri internacional (com elementos da África, Europa e América) escolheu 24 nomes para integrar o cartaz artístico do AME 2018 (ver caixa). Completam as 30 actuações já referidas, a Marcha de Alfama (grupo português que costuma desfilar nas festas de Santo António de Lisboa) que irá trazer à cidade da Praia 65 elementos.

“É uma parceria entre a Câmara Municipal da Praia e a Câmara Municipal de Lisboa e entre o AME e o Kriol Jazz Festival”, explica Gugas Veiga avançando ainda que o grupo irá desfilar por duas vezes, a 16 de Abril para anunciar a abertura do AME e a 19 para encerrar a feira atlântica e abrir o KJF Praia 2018.

“Para mostrar a aceitação e a pujança que o AME continua a ter, pela primeira vez teremos uma delegação do Canadá, com 35 profissionais; pela primeira vez teremos uma delegação da China, com uma banda e 10 profissionais; teremos uma delegação da Itália, com uma banda e 10 profissionais; e pela primeira vez também uma delegação da Guiné-Bissau representando vários artistas daquele país, para além das já habituais representações de Portugal e do Brasil”, sublinhou o patrão da AV Produções na conferência de imprensa que a associação de produtores que assume a organização do AME promoveu recentemente.

São, até aqui, 350 os delegados inscritos quando há ainda um mês pela frente para se efectuarem inscrições. Um ritmo que a organização diz superar as suas expectativas.

A programação detalhada, com todas as actividades e intervenientes, deverá ser divulgada ainda esta semana. Nas conferências e workshops, para além de representantes da Sony Music e da Universal Music, estarão presentes representantes de mercados como o Visa For Music de Marrocos, Yuma da Reunião, Babel Med de Marselha e o Mercado da Música Independente de Lisboa.

“Contamos com um grupo muito forte de produtores musicais e directores de grandes festivais do mundo, profissionais da China, Coreia do Sul, EUA, Brasil, Canadá, África do Sul, Senegal, França, Ilhas Reunião, Costa do Marfim, Holanda, Itália e Inglaterra”, conclui Augusto Veiga que conta também com uma boa presença da comunicação social estrangeira.

Os artistas cabo-verdianos Nelson Freitas, Djodje, Elji e a DJ Anané Vega irão participar nas conferências no PCIL. Conforme já fora anteriormente anunciado através da página de Facebook do evento, os dois primeiros estarão na conferência “Digital Marketing in the Music Industry”, ladeados por Nick Pinheiro da Microsoft e pelo cantor e produtor Kaysha.

Assumindo-se como uma plataforma transatlântica para trocas culturais o AME, após cinco edições, apresenta-se como um poderoso think thank à volta de tópicos como a crioulização, o papel da cultura no desenvolvimento, a advocacia pela música africana, entre outros aspectos.

Segundo o site oficial do evento a edição de 2017 trouxe mais de 550 delegados oriundos 40 countries à Cidade da Praia, hoje membro da Rede das Cidades Criativas da UNESCO.

Artistas Internacionais

Jupiter & Okwess (Congo)

AfrotroniX (Chade/ Canadá)

Ilam (Senegal/Canadá)

Djeli Moussa Condé (Guiné Conacri)

Malika Tirolien (Guadalupe/ Canadá)

Djazia Satour (Algéria)

DJ Buruntuma (Guiné-Bissau)

Arsene Duevi ( Itália/Togo)

Shaun Ferguson (Canadá)

Marco Oliveira (Portugal)

Sofiane Saidi & Mazalda (Algéria)

Artistas Nacionais

Djocy Santos (CV/Holanda)

Rosa Mestre (CV/EUA)

Mamadou Sulabanku (CV/Senegal)

Josimar Gonçalves (CV/São Vicente)

DJ Hebraico (CV/Portugal)

Projecto Sarabudja (CV/Brasil)

Bob Mascarenhas (CV/Assomada)

Osmar (CV/Praia)

Puto Mákina (Portugal/CV)

Débora Paris (CV/São Vicente)

Romeu di Lurdes (CV/ Praia)

Dani Santoz (CV/Sal)

DJ Fat Boy (CV/São Vicente).

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 851 de 21 de Março de 2018.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Chissana Magalhães,24 mar 2018 7:07

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 mar 2018 8:44

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.