Prémio “Miriam Makeba” lançado em Cabo Verde

PorDulcina Mendes,2 ago 2018 15:51

Com objectivo de promover a arte africana em todas as suas formas de expressão, a Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM) acaba de lançar o prémio internacional da Criatividade Artística “Miriam Makeba”.

Este prémio é instituído pela sociedade de gestão colectiva irmã argelina "Office Nacional des Droits d'Auteurs et Droits Voisins (ONDA)", sob o alto patrocínio do Presidente da República de Argélia, Abdelaziz Boutafrika e sob a protecção do Ministro da Cultura daquele país.

Este prémio vai permitir que os artistas que usam arte africana como meio possam expressar as suas ideias e comunicar as suas mentes e serem melhor ouvidos e mostrar as suas criações.

Podem concorrer a este prémio, todos os artistas africanos residentes no continente, com idade superior a 18 anos. O participante deve apresentar um documento de identidade ou autorização de residência quando viver num país africano que não seja o seu de origem.

Os candidatos devem entregar uma descrição do seu projecto artístico ou obra. As candidaturas podem ser enviadas por correio, num envelope fechado, a “Sr. Presidente do júri do Prémio Internacional de Criatividade Artística Miriam Makeba”, através do endereço: Office National du Droit d`Auteur et des Droit Voisins (ONDA), 49 rue Abderrezak HAMLA 16000 – Bologhine – Alger, Algérie, ou por email prix.myriam.makeba@onda.dz.

As candidaturas devem ser enviadas até 31 deste mês. O lançamento deste prémio, faz parte de umas das decisões saída do encontro anual do "CAF", Comité Africano da Confederação Internacional das Sociedades de Autores e Compositores (CISAC), realizado de 22 a 25 de Julho, na Costa de Marfim.

A Presidente da SCM, Solange Cesarovna é um dos elementos do júri, sendo que o vencedor receberá o prémio de 100 mil dólares.

Segundo o vice-Presidente da Sociedade Cabo Verdiana de Música, este prémio é uma grande homenagem que a ONDA pretende fazer a Miriam Makeba, que foi uma grande intérprete africana. 

Joaquim Andrade acredita que os artistas cabo-verdianos têm todas as condições para ganhar esse prémio. “Cabo Verde tem grandes potencialidades, não só a nível da música mas das artes plástica e outros”. 

Além dos órgãos de comunicação social, este prémio está a ser divulgado pela SCM, através da sua página na rede social, Facebook. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,2 ago 2018 15:51

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  2 ago 2018 15:51

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.