Recomendação para ouvir: Dieg – Originalidade ao dispor da música, em “single” de estreia

PorPaulo Lobo Linhares,22 nov 2018 10:34

​Há pouco tempo o rapper Hélio Batalha lançou o tema “wuauuu” onde pedia “elevação” no discurso-RAP Cabo-verdiano.

Na verdade, os amantes desta forma de arte o que mais buscam é esta “elevação” - entendendo-se aqui, elevação como a procura por parte do músico de superar a média, dizer nunca ao lugar-comum, fugindo sempre dele, tendo assim, a sua zona de conforto bem vigiada.

O porquê? Só assim os músicos conseguem oferecer aos ouvintes a preciosa originalidade – poção mágica dos que buscam o prazer pela música.

Na nossa música vemos cada vez mais esse tipo de comportamento por parte dos artistas. O grupo de músicos onde a zona média era suficiente para a realização profissional vem diminuindo provavelmente com incidência, desde há 5 anos para esta parte.

É bem maior a procura de destaque, por parte dos músicos, pela sua qualidade artística.

Procuram-se novos conhecimentos, outros palcos e novas experiências, troca de conhecimento com artistas de fora. Enfim, tudo o que seja relevante para a afirmação de cada músico, não só dentro, como também la fora (…e aqui arriscar-me-ia a dizer: cada vez mais!).

A carreira do artista é vista (…e não pode ser de outra forma) como um todo, onde se destaca a explosiva mistura da música e da imagem.

Assim, durante esta semana foi lançado o single do primeiro disco de Diego Gomes – ou Dieg, pela label “Broda Music”.

Se as linhas acima resumem o que “teoricamente” descreve a tal “elevação” na música, o tema “Nka Kre” Ilustra a sua prática.

Da construção musical até ao vídeo, Dieg oferece-nos um tema onde se respiram coisas novas, traduzidas por originalidade, criatividade, bom gosto…muitos sons com as respectivas cores em combinação de muito equilíbrio.

Musicalmente, Dieg expressa finalmente a sua identidade, após alguns anos como músico da banda de Élida Almeida. Certamente, os palcos por onde passou deram-lhe a serenidade e experiência para adivinhar que era o momento certo para se fazer ouvir…e de forma muito conseguida o fez.

Para além da sua capacidade como instrumentista, Dieg expõe a sua belíssima voz, …que até agora, ia surgindo em temas isolados ou nos coros dos músicos com quem actuava.

Ainda no vídeo, a imagem e toda a construção do vídeo é também de qualidade inquestionável.

Criaram-se histórias e narrativas bem suportadas, onde temas menos frequentes são abraçados. As imagens e o maravilhoso cenário combinam de forma marcada com a música de Dieg!

É muito provavelmente razão para crermos que sendo um single o representante do álbum, teremos em breve obra-grande na nossa música.

Parabéns extensivos à produtora.

Dieg conseguiu claramente a referida “elevação” numa original abordagem da música Cabo-verdiana.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 886 de 21 de Novembro de 2018.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

Dieg wuauuu

Autoria:Paulo Lobo Linhares,22 nov 2018 10:34

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 nov 2018 10:34

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.