IPC lança plataforma do Inventário Nacional do Património Cultural Imóvel

PorExpresso das Ilhas,5 mai 2020 9:52

O Instituto do Património Cultural (IPC) lança hoje a plataforma do Inventário Nacional do Património Cultural, no âmbito das comemorações do dia Mundial do Património Africano, que se celebra a 5 de Maio.

Segundo uma nota do IPC, esta plataforma é um instrumento de gestão patrimonial que fornece bases para a definição de políticas públicas, com o intuito de preservar e valorizar o legado histórico patrimonial que representa a identidade cultural e memória colectiva de um povo.

“Um projecto ambicioso, que se destina ao desenvolvimento de acções de preservação de monumentos, sítios e centros históricos, assim como a protecção de todo o legado patrimonial nacional, conforme a definição constante no Regime Jurídico do Património Cultural de Cabo Verde, aprovado pelo Parlamento e publicado no passado dia 20 de Abril”, lê-se na nota.

Conforme a mesma fonte, a realização do Inventário Nacional do Património Nacional implicou o levantamento patrimonial exaustivo no terreno, e estudo dos acervos arquivísticos e bibliográficos, em todos os municípios de Cabo Verde.

Num total de 1100 bens inventariados, 648 já foram introduzidos na plataforma, devidamente georreferenciados, acompanhados dos dados históricos e patrimoniais.

Explica a mesma fonte que, sendo um processo sistemático e contínuo, a plataforma será alimentada à medida que os mesmos forem georreferenciados. "O acesso público permitirá uma interacção, não só limitada a consulta, mas também a introdução de dados (históricos e patrimoniais), a serem validados pela equipa coordenadora".

Para a consulta da plataforma do Inventário Nacional do Património Nacional é só aceder ao link: https://patrimonio.ipc.cv/

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,5 mai 2020 9:52

Editado porSara Almeida  em  6 mai 2020 0:13

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.