O mundo da Cultura ficou mais pobre. Faleceu Samira Pereira

PorExpresso das Ilhas,22 ago 2021 10:38

Faleceu ontem no Mindelo, vítima de COVID-19, Samira Pereira, após uma luta de vários dias contra a doença. As redes sociais inundaram-se de mensagens de dor e reconhecimento do trabalho feito em prol da cultura em Cabo Verde.

Produtora cultural, proprietária e directora criativa da empresa OII Cultura, Comunicação e Imagem,antiga directora do Palácio da Cultura Ildo Lobo, organizadora e assessora de alguns dos maiores eventos culturais de Cabo Verde, entre várias outras funções que desempenhou ao longo dos anos, Samira Pereira era uma figura conhecida no meio cultural e artístico de todo Cabo Verde.

A morte da produtora apanhou a todos de surpresa e nas últimas horas várias mensagens têm mostrado o choque pelo falecimento, bem como a homenagem ao trabalho por ela desenvolvido, incansavelmente.

“Dói muito Samira Pereira...tão longos foram os dias, Lisboa, Praia, Mindelo, todas as ilhas...tantos sonhos e tantas partilhas...aprendemos juntos na militancia pela arte e pela cultura”, expressou, na sua página pessoal do Facebook, o Ministro da Cultura, Abraão Vicente

image

Fotos do post de Abraão Vicente


“...que o teu caminho seja de luz Sams...cuidaremos de tudo o que deixas em silêncio...”, termina o ministro, que sabendo da doença que a acometeu , tinha a esperança de ver um texto de Samira que em resumo dissesse “Venci”.

Também a Associação Mindelact lembra Samira, destacando que “o seu falecimento vai deixar um vazio difícil de preencher”.

“Estamos todos desolados, tristes e muito chocados com o desaparecimento físico da Samira Pereira, um pilar fundamental de toda a estrutura cultural em Cabo Verde, particularmente em S. Vicente, onde a sua atividade profissional era mais assídua. Agitadora cultural, lutadora e generosa abraçava as causas da cultura com paixão e raro profissionalismo. De certa forma, pode-se dizer que ela foi pioneira no que diz respeito à assessoria de imprensa ligada aos grandes eventos culturais”, lê-se no post, publicado na página do Mindelact.

Samira Pereira foi companheira de “inúmeras edições do Festival Mindelact”. E, com lembram ainda, o seu nome está ligado a muitos outros importantes eventos como, por exemplo, o Mindel Summer Jazz, o AME ou o Kriol Jazz, estes últimos, na cidade da Praia.”

Centenas de pessoas têm igualmente deixado mensagens de tristeza e pêsames.

Samira Pereira contraiu COVID-19 há cerca de 10 dias e, devido ao seu estado de saúde, teve que ser internada. Fontes próximas referem que teve inclusive de ser intubada. Apesar de relativamente jovem, Samira não resistiu à doença.

O Expresso das Ilhas manifesta também sentidas condolências aos familiares e amigos e agradecimentos póstumos a Samira Pereira, que foi colaboradora de alguns dos nossos projectos culturais.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,22 ago 2021 10:38

Editado porSara Almeida  em  23 ago 2021 10:43

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.