Visita aos museus também na internet

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,25 out 2021 14:05

​O Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas através do Instituto do Património Cultural (IPC) fez hoje, na cidade da Praia, o lançamento do site dos museus na internet.

Este lançamento aconteceu no quadro das actividades do Dia Nacional da Cultura e das Comunidades, assinalada no dia 18 de Outubro.

Segundo a directora Nacional dos Museus, Ana Samira Baessa, essa plataforma tem como finalidade divulgar e promover todos os museus existentes em Cabo Verde, criando simultaneamente uma rede de gestão dos espaços museológicos e seus acervos.

“Através deste site é possível conhecer o inventário dos acervos museológicos, realizar uma visita virtual, ter acesso às informações pormenorizadas em tempo útil sobre a situação dos museus a nível nacional, bem como uma interacção assídua entre os técnicos responsáveis pelos espaços museológicos e o público”, explicou.

O site dispõe da listagem dos dez museus públicos, sob a gestão do IPC, designadamente o Museu Norberto Tavares, Museu Eugénio Tavares, a Casa da Morna Sodade, Museu Etnográfico da Praia, Museu do Mar, Museu do Sal, o Núcleo Cesária Évora e o Museu do Campo de Concentração do Tarrafal, o Museu de Arqueologia e o Museu da Tabanka.

Baessa apresentou ainda outras iniciativas museológicas que são do domínio público, mas que pertencem à gestão de outras instituições como Centro Interpretativo de São João Baptista, o Museu das Telecomunicações e o Museu dos Documentos Especiais.

Estão também linkados os museus privados, que, entretanto, ainda não estão com conteúdos e os museus comunitários deverão integrar o sistema proximamente, conforme Samira Baessa.

Para além de visitar e dispor de informações sobre os museus, o site dispõe de espaços para interacção com os responsáveis, e permite os projectos e relatórios da gestão dos museus em Cabo Verde, as normativas e todas as legislações que versam a questão dos museus, desde o quadro jurídico às normas internacionais.

Samira Baessa adiantou que o site vai ter tradução em três línguas, designadamente português, inglês e francês. Entretanto, neste momento, tem disponível apenas a língua Portuguesa, devendo as outras serem disponibilizadas brevemente.

“Pensando no contexto turístico será uma mais-valia porque permite a públicos de diferentes nacionalidades ter acesso ao conteúdo dos museus. Ainda está disponível apenas a língua portuguesa e as outras línguas também serão disponibilizadas”, garantiu.

Através do site é possível que os utentes tenham acesso às informações de bilheteira, os preçários para cada categoria e os horários das visitas, facilitando o acesso aos museus.

“A partir desse site as pessoas poderão programar toda a sua visita e isso também no contexto turístico é uma mais-valia. Para os operadores turísticos poderão também ser vantajosas fazer as marcações da visita em grupos”, acrescentou.

O mesmo permite a realização de pesquisas de contexto científico e académico, o que na perspectiva da directora nacional dos Museus facilitará a realização de trabalhos científicos sobre os museus em Cabo Verde. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,25 out 2021 14:05

Editado porAndre Amaral  em  26 out 2021 8:01

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.