​Ricky Boy lança novo single “Sotou na Kizomba”

PorDulcina Mendes,6 jul 2024 8:59

O cantor cabo-verdiano, Ricky Boy lançou esta sexta-feira, 5, o seu novo single intitulado “Sotou na Kizomba”, que fará parte do seu novo EP que estará disponível no mercado ainda neste mês. O single conta com a colaboração emocionante com o talentoso cantor CESF e o aclamado produtor musical LBeatz.

Segundo uma nota da produtora Broda Music, este single é um prelúdio empolgante para o próximo EP de Ricky Boy, programado para chegar ao mercado ainda este mês.

“Com uma mistura vibrante de ritmos e letras cativantes, ´Sotou na Kizomba´ promete capturar os corações dos fãs de kizomba e além. Ricky Boy e CESF unem suas vozes de maneira envolvente, enquanto LBeatz contribui com sua habilidade única na produção, criando uma experiência musical que promete ser inesquecível”, realça.

A mesma fonte aponta que o próximo EP de Ricky Boy está programado para explorar novos sons e histórias, oferecendo uma visão pessoal e emocionante do artista. Com “Sotou na Kizomba” como um vislumbre inicial, os fãs podem esperar uma coleção diversificada de faixas que celebram a cultura e a paixão pela música.

Ricky Boy começou a sua carreira aos dezessete anos como vocalista e compositor no grupo TC, rapidamente se tornando uma referência na música jovem de Cabo Verde.

O grupo TC lançou várias colectâneas de sucesso, incluindo "Verão 2001", "Verão 2002", e o álbum "BY TC" em Dezembro de 2007, onde Ricky Boy foi co-autor de várias músicas.

Em 2009, Ricky Boy fundou a editora Broda Music com Djodje e Peps, membros dos TC, e lançou o seu primeiro álbum a solo "9909", que foi amplamente aclamado pela crítica, destacando-se no gênero cabo zouk/kizomba. Canções como "Veron ki dja txiga", "Tem ki dicidi" e "Bo é tao nice" solidificaram sua posição como um dos principais artistas do gênero.

O seu segundo álbum solo, "Djan Dicidi" foi lançado em 2011, e o terceiro álbum, "In Love", de 2014, continuaram a afirmar sua popularidade, explorando temas românticos e colaborando com artistas como Djodje, Kaysha, entre outros.

Em Outubro de 2017, lançou o álbum "Festa Bedju", que contou com participações de Deejay Télio e Loony Johnson, consolidando ainda mais sua presença no mercado musical cabo-verdiano.

Em 2019, iniciou uma nova fase em sua carreira, mudando seu nome para Ricky Man e explorando novos estilos musicais como dancehall, raga, afrobeat e funk. Durante este período, lançou vários singles de sucesso como "Dona do Baile", "Kubiku", "OGOP", "É Só Bó" e "Preto e Nu Ta Stika", além de participar de festivais renomados em Cabo Verde e na diáspora.

Em Dezembro de 2021, Ricky Man lançou seu primeiro EP intitulado "Ricky Man", uma colecção de quatro faixas que exploram os ritmos vibrantes do dancehall e afrobeat.

Em 2023, Ricky Boy decidiu retornar às suas raízes musicais e reassumiu seu nome original. Este retorno foi marcado pelo lançamento do single "Bu Manera", sucesso nas pistas de dança da música africana, demonstrando sua versatilidade e capacidade de se reinventar ao longo dos anos.

Em 2023, Ricky Boy colaborou com o rapper Trakinuz no single "Venci", uma fusão cativante de estilos que reflete a evolução contínua do artista e sua habilidade de se adaptar às tendências musicais contemporâneas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,6 jul 2024 8:59

Editado porDulcina Mendes  em  14 jul 2024 23:29

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.