Desporto em Cabo Verde no horizonte 2026

PorLEONARDO CUNHA,29 abr 2021 13:26

O último fim de semana em Cabo Verde foi marcado pelas eleições com a vitória com maioria absoluta do partido Movimento para a Democracia. É agora uma boa oportunidade para olharmos para as propostas contidas na plataforma eleitoral do partido vencedor e as perspetivas para o desporto no horizonte de 2021-2026.

Esta plataforma pretende colocar o desporto cabo-verdiano como instrumento que possa contribuir para a dinamização da economia, geração de emprego, fomento do voluntariado, mas também para aumentar, diversificar e qualificar a procura turística de Cabo Verde, conservação a biodiversidade e qualidade ambiental, estimular a inovação tecnológica, transformação digital e o empreendedorismo.

Igualmente, irá promover condições para a valorização do desporto na sua dimensão económica, como fator propiciador de qualidade de vida, parte da educação, fator de promoção e reforço da identidade cultural e de coesão social, mas também propiciador de igualdade e inclusão social, sendo o rendimento desportivo fator de engrandecimento e de autoestima da população.

Para garantir o posicionamento do desporto a nível social, a plataforma enuncia a criação de uma estratégia nacional, que se baseia numa (1) discriminação positiva dos desportos de praia, mar, montanha, com a promoção do turismo acessível a todos, (2) Uma reforma e adequação da legislação desportiva cabo-verdiana, (3) reforço das infraestruturas desportivas, (4) adoção pelas universidades de planos curriculares competentes, (5) desenvolvimento de uma densa rede de cooperação com países amigos, (6) aposta no rendimento desportivo e nos Centros de Alto Rendimento Desportivo, (7) intensificação a luta contra o doping no desporto e a difusão e generalização da observância da ética no desporto, (8) consolidação e expansão do Programa Nacional de Atividade Física e Saúde «MexiMexê», (9) incentivo às seleções nacionais envolvidas em altas competições, (10) na efetivação da lei do mecenato e dos patrocínios desportivos e (11) massificação do consumo dos espetáculos desportivos pelo tecido empresarial e pela sociedade civil.

Para isso o governo pretende realizar um planeamento estratégico e de projetos transformadores abrangendo a administração desportiva central, municipal, o desporto escolar, militar e universitário e da integração do desporto realizado pelas instituições privadas. Este Plano estratégico será fornecido com informações derivadas da formalização e a previsibilidade no desporto nacional bem como a produção de estatísticas oficiais do desporto.

Estas medidas e o plano considera que no final exista uma reformulação do Sistema Desportivo Cabo-verdiano tendo em atenção a autonomia organizacional e de funcionamento do Sector Privado do Desporto e a necessária diferenciação e enquadramento dos desportos coletivos dos individuais. Da avaliação do quadro legal e conclusão do quadro regulamentar e do reforço da parceria através de contratos-programa Governo e as Câmaras os Municipais e as organizações, sejam comités, federações, clubes e individualidades do desporto.

É indiscutível que existe um conjunto de intensões claras no caminho escolhido para o desenvolvimento para esta área do desporto. Ficará por enunciar todos os instrumentos de gestão (com respetivas ações, metas e objetivos) e a sua correlação com os indicadores transversais da influência do desporto nas metas de desenvolvimento sustentável de Cabo Verde. Os desejos de melhores sucessos nesta tarefa de colocar Cabo Verde num patamar superior de desenvolvimento através do desporto.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

Desporto

Autoria:LEONARDO CUNHA,29 abr 2021 13:26

Editado porDulcina Mendes  em  30 abr 2021 8:39

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.