Orlando Mascarenhas homenageado pela Associação dos Comités Olímpicos de Língua Oficial Portuguesa

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,16 set 2021 12:14

O presidente da Academia Olímpica de Cabo Verde, Orlando José Mascarenhas, foi homenageado esta quarta-feira na Cidade da Praia pela Associação dos Comités Olímpicos de Língua Oficial Portuguesa (ACOLOP) durante a Assembleia-geral do I Congresso Olímpico da Lusofonia.

O preito a este “ilustre desportista” deve-se ao reconhecimento “por todo o trabalho desenvolvido em prol do desporto e do olimpismo em Cabo Verde e na comunidade”.

À Inforpress, o laureado disse sentir-se “sensibilizado bastante” por esta distinção da ACOLOP, que considerou “uma honra e uma grande responsabilidade”, alegando que ficou muito emocionado, mas também confiante na sua “disponibilidade para enfrentar este desafio e de poder merecer e dignificá-lo”.

Mascarenhas dedicou esta homenagem às crianças e adolescentes das escolas secundárias, às comunidades, às crianças das Aldeias Infantis SOS, aos dirigentes e líderes dos organismos sociais e desportivos, nomeadamente a nível do Comité Olímpico, das federações desportivas e personalidades que têm dedicado uma atenção muito especial ao desenvolvimento do desporto cabo-verdiano.

“É dentro deste quadro que eu vi e vejo esta homenagem no sentido de todos nós, fazermos, cada vez mais, pelo desenvolvimento do olimpismo, da educação olímpica e naturalmente do desporto nacional”, frisou, agradecendo a todos pela distinção.

Para além do cabo-verdiano Orlando José Mascarenhas, a ACOLOP homenageou ainda representantes de Angola, da Guiné Bissau e de São Tomé e Príncipe.

Promovido pela Associação dos Comités Olímpicos de Língua Oficial Portuguesa (ACOLOP) o I Congresso Olímpico da Lusofonia, realizado terça e quarta-feira na capital cabo-verdiana mereceu um balanço “positivo” do presidente desta organização, Gustavo Conceição, para quem Cabo Verde constituirá um “marco fundamental” entre o passado e o futuro do olimpismo em África”.

Gustavo Conceição destacou “não só o nível dos intervenientes no Congresso, mas também as óptimas condições criadas pelo Comité Olímpico Cabo-verdiano”, pelo que se mostrou “bastante satisfeito com aquilo que está a acontecer aqui”.

Referiu que de entre outras questões ligadas à formação de quadros, foi debatido o financiamento de actividades desportivas, os problemas por que passam os desportistas e jovens, a formação dos treinadores e intercâmbio nos países internos com vista a progressão conjuntamente.

Realizado sob o tema “Para uma abordagem conjunta no desenvolvimento através do desporto”, o Congresso Olímpico da Lusofonia realizou-se no âmbito do programa desenvolvido, tendo debruçado sobre questões ligadas ao funcionamento da ACOLOP e contou com especialistas e personalidades distintas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,16 set 2021 12:14

Editado porSara Almeida  em  16 set 2021 18:44

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.