RTC suspende cobertura das actividades desportivas da ARFSS

PorSheilla Ribeiro,8 nov 2022 14:14

As direcções da Rádio e da Televisão de Cabo Verde decidiram suspender a cobertura de todas as actividades desportivas promovidas pela Associação Regional de Futebol de Santiago Sul (ARFSS), depois de pela segunda vez,em menos de uma semana, os seus jornalistas e operadores de imagem terem sido barrados à porta do estádio da Várzea.

A informação foi hoje avançada através de um comunicado de imprensa.

“As direcções dos dois órgãos públicos lamentam ter que avançar para esta posição que limita o direito dos cabo-verdianos de serem informados sobre as actividades futebolísticas da referida região”, lê-se.

Os dirigentes dos órgãos afirmam que a decisão de impedir o acesso das equipas da RTC ao estádio da Várzea foi tomada de forma unilateral pelo Presidente da Associação Regional de Futebol de Santíago, sem o consentimento dos clubes.

Entretanto, garantem que irão continuar a fazer a cobertura de todas as actividades desportivas das diferentes regiões do país, e contam retomar a cobertura informativa da região de Santiago Sul quando estiverem garantidas as condições para os seus profissionais poderem exercer livremente e sem qualquer condicionamento a sua actividade jornalística.

De referir que no passado dia 29 de Outubro, um jornalista e um operador de imagem da RTC foram impedidos de entrar no estádio da Varzea.

Na sequência, em declarações à Inforpress, o presidente da ARFSS, Mário Donnay Avelino, disse que respeita todas as instituições deste país, mas que a sua equipa se sente “ignorada e discriminada em detrimento das restantes associações regionais de futebol”.

Conforme anunciou, já negociou a transmissão em directo dos jogos do campeonato regional da presente com um outro canal televiso, o que, a seu ver, continua a deixar as portas abertas a toda a comunicação social, mas que “impossibilita à estação pública a transmissão de jogos”, garantindo que sempre defendeu a liberdade de expressão.

Sobre este assunto, falou neste final de semana o presidente da Associação Sindical dos Jornalistas de Cabo Verde (AJOC), Geremias Furtado, se solidarizando com os colegas profissionais de comunicação e apelando um entendimento entre as parte no sentido de evitar que os amantes do futebol sejam prejudicados. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sheilla Ribeiro,8 nov 2022 14:14

Editado porSheilla Ribeiro  em  9 nov 2022 11:02

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.