Nobel da Economia premeia uso de experiências naturais para estudar realidade

PorExpresso das Ilhas,11 out 2021 9:25

David Card, da Universidade da Califórnia, Joshua Angrist, do MIT, e Guido Imbens, da Universidade Stanford, receberam o prémio Nobel de 2021

Os norte-americanos David Card, Joshua D. Angrist e Guido W. Imbens foram premiados nesta segunda-feira (11) com o prémio Nobel de Economia 2021.

Os laureados forneceram novas visões sobre o mercado de trabalho e mostraram as causas e efeitos que podem ser tirados de experiências naturais - situações da vida real similares a experiências aleatórias. O trabalho desenvolvido tem sido amplamente adoptado por pesquisadores que trabalham com dados.

De acordo com a Real Academia de Ciências da Suécia, "os economistas revolucionaram a pesquisa empírica nas ciências sociais e melhoraram significativamente a capacidade da comunidade de pesquisa de responder a perguntas de grande importância".

David Card recebeu o prémio pelas contribuições empíricas para a economia do trabalho. Já Joshua D. Angrist e Guido W. Imbens foram laureados pelas contribuições metodológicas para a análise das relações causais.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,11 out 2021 9:25

Editado porAndre Amaral  em  11 out 2021 17:02

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.