Inauguração do Parque Tecnológico prevista para 2025 com funcionamento a 100 por cento - presidente

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,2 abr 2024 14:24

A inauguração do Parque Tecnológico, actualmente a funcionar com 14 empresas, está prevista para início de 2025, altura em que se prevê o seu funcionamento a 100 %, conforme avançou hoje o presidente do conselho de administração.

Carlos Monteiro falava à imprensa no final da visita do ministro da Cultura e das Indústrias Criativas e ministro do Mar, Abraão Vicente, que teve a oportunidade de conhecer e realçar a importância projecto do Parque Tecnológico para o desenvolvimento do país.

“Está anunciado que provavelmente vai ser no início de 2025, nós estamos agora a 95 % das obras, falta o acabamento. Estamos a tentar concluir o nosso último edifício, que é o nosso centro de conferências, mas certamente em Janeiro de 2025 será feita a grande inauguração”, avançou Carlos Monteiro.

Mas, lembrou, o Parque Tecnológico já está a funcionar, neste momento com 14 empresas de seis nacionalidades a operar, nomeadamente Bélgica, Alemanha, Itália, Espanha, Portugal e de Cabo Verde.

“Consoante vamos terminando diferentes fases vamos operacionalizando, mas neste momento já temos três edifícios a funcionar e estados a concluir agora dois edifícios para iniciar a operação a 100 %”, acrescentou, revelando que a intenção é que para o acto de inauguração o Parque Tecnológico esteja a funcionar “com vida, ou seja, a 100 %”, incluindo espaços verdes.

Isto, segundo disse, para se tirar o “máximo proveito” deste "grande investimento" do Estado de Cabo Verde, com capacidade para albergar de 40 a 50 empresas, dependendo da dimensão.

“A prioridade deste ano é concluir obras, principalmente o espaço externo, fazer parcerias, ter mais empresas, trazer mais eventos, parcerias internacionais”, realçou.

Por outro lado, o presidente do conselho de administração afirmou que dentro do projecto há uma preocupação do Parque Tecnológico não ser um oásis na zona onde se situa, Achada Grande Frente, daí que pretendem também abranger bairros circundantes com acções sociais.

“Por exemplo, parte da estrada que desce para Jamaica foi feita no âmbito do projecto do Teck Park e queremos integrar a comunidade para que o mesmo esteja uniforme com toda a sua área circundante. Vamos ainda construir uma creche, não só para os filhos dos trabalhadores do Teck Park, mas igualmente para servir crianças desses bairros", precisou.

Segundo afirmou, o Teck Park tem cinco componentes, um Data Center, um centro de incubação para programas para a juventude, espaços para empresas, espaço de treinamento e de certificação e um centro de conferências.

“O nosso centro de treinamento e certificação é do nosso ponto de vista o coração da estratégia digital de Cabo Verde porque nós queremos ter uma economia digital forte e para isso precisamos de recursos mais bem preparados”, precisou Carlos Monteiro.

As obras para a instalação do Parque Tecnológico, na cidade da Praia, deveriam ser concluídas no primeiro trimestre de 2023, mas devido à crise mundial provocada pela pandemia da covid-19 e a guerra motivada pela invasão da Rússia à Ucrânia, registou-se o atraso na conclusão, conforme foi justificado anteriormente por Carlos Monteiro.

Este investimento está avaliado em cerca de 35 milhões de Euros, financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), mais uma contrapartida do Estado de Cabo Verde em cerca de 4 milhões de Euros.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,2 abr 2024 14:24

Editado porAndre Amaral  em  17 abr 2024 20:20

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.