Destaques da edição 849

PorExpresso das Ilhas,7 mar 2018 0:10

Nesta edição, o Expresso das Ilhas faz manchete com o assédio sexual: É hora de quebrar o tabu. É tido como um dos maiores tabus da sociedade cabo-verdiana.

Mesmo com as recentes campanhas nacionais contra a violência baseada no género, até há pouco tempo não se falava publicamente deste assunto que muitos consideram alcançar uma dimensão alarmante na sociedade cabo-verdiana, não obstante os números insignificantes de denúncias e de queixas-crimes registados pelas autoridades. Ultimamente, muito por causa da repercussão que casos a nível internacional estão a ter e pela dimensão que o movimento #metoo alcançou, iniciaram-se a nível das redes sociais algumas discussões e que deixam perceber, principalmente, que ainda nem bem se compreende o que é assédio sexual. Nesta reportagem trazemos-lhe histórias de quem sofreu este tipo de crime sexual, como homens e mulheres encaram o assunto, e também os comentários de um psicólogo, uma antropóloga e especialista em questões de género e de uma representante de uma instituição pública que lida com as políticas de género em Cabo Verde.

Também neste número, a entrevista com Francisco Walter Tavares, presidente da Câmara Municipal da Brava: Plataforma eleitoral é para cumprir. Desde Outubro de 2017 Francisco Walter Tavares lidera a autarquia bravense, primeiro interinamente e a partir de Janeiro deste ano assumiu o cargo definitivamente, devido à renúncia do seu antecessor por motivos de saúde. Nesta primeira entrevista ao Expresso das Ilhas, Francisco Tavares promete cumprir à risca a plataforma eleitoral do seu antecessor Orlando Balla e anuncia a introdução de um forte cunho na área social, sobretudo na questão da habitação, apoio medicamentoso e nas evacuações dos que têm menos recursos.

Regulação e sociedade digital: Os novos caminhos de uma revolução irreversível. O mundo não pára. Geralmente usamos a frase, encolhemos os ombros e continuamos. Mas numa sociedade digital, ou numa revolução digital, como a que estamos a viver, com carros sem condutor, máquinas agrícolas autónomas, advogados virtuais, diagnósticos médicos à distância, inteligência artificial, Big Data, ou a concorrência dos serviços Over The Top (OTT) como o whatsapp ou o skype sobre as operadoras de telecomunicações tradicionais, os desafios que se colocam à regulação do sector tecnológico aumentam e complexificam-se. Para tentar encontrar respostas a estas, e outras questões, a Cidade da Praia recebeu, segunda e terça-feira, o seminário sobre regulação da sociedade digital, organizado pelo AICEP – Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa.

Ainda a garantia do Primeiro-ministro: Olavo Correia não sai do governo. "Eu não tenho de falar em função do que a oposição quer. O que eu tenho a dizer é que se trata de uma cabala política claramente motivada por uma lei que foi aprovada pelo parlamento com os votos do PAICV. Uma proposta da Câmara de Comércio de Sotavento", disse esta terça Ulisses Correia e Silva, para quem todo este caso não é mais que "uma encenação à volta deste tema no sentido de incriminar um ministro com objectivos políticos muito claros".

Cabo Verde liberaliza operações financeiras e económicas. O projecto-lei que liberaliza as operações financeiras e económicas com o exterior foi aprovado nesta última sessão parlamentar. No entanto, alertam alguns especialistas, abrindo o país a uma maior circulação de capitais está-se, também, a colocar o país sob o risco da especulação monetária.

Alargamento da plataforma continental: Trabalhar agora para ganhar depois. Em Setembro de 2014, Cabo Verde, em nome de sete países da região oeste-africana, entregou à ONU o pedido de extensão da sua plataforma continental para lá das 200 milhas náuticas. O processo, que é longo e está longe de estar terminado, foi iniciado em 2009. A expectativa é que a decisão final seja conhecida dentro de 10 a 15 anos. Até lá, ainda há muito trabalho pela frente.

No interior, a opinião de César Monteiro, Luís Lobo: uma voz vibrante da rádio e da música; e do Padre Ottavio Fasano, Pensamento para um(a) amiga/amigo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,7 mar 2018 0:10

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  7 mar 2018 12:47

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.