Edição 1070

PorExpresso das Ilhas,1 jun 2022 0:00

No dia em que se assinala mais um Dia Mundial da Criança o Expresso das Ilhas faz manchete com uma reportagem sobre a influência do mundo digital nas crianças.

Primeiro são os vídeos com musiquinhas infantis que os pomos a ver quando ainda são pouco mais do que bebés. Depois, eles próprios começam a manusear tablets e telemóveis à procura dos conteúdos do Youtube e Tik tok. Quando já estão seguros na escrita/leitura e as redes de amigos se alargam, integram outras redes sociais como o Instagram, antes ainda da idade legal para o fazerem (13 anos) … Não há dados e estudos sobre o uso das crianças no mundo virtual cabo-verdiano, mas o dia-a-dia mostra que segue as tendências mundiais. E são crianças que basicamente “nascem” com um ecrã nas mãos e um mundo digital que as acompanha a par e passo.

Também em destaque esta a entrevista com João do Monte Duarte, o novo Reitor da Universidade Técnica do Atlântico.

Órgãos de gestão por efectivar, unidades orgânicas por abrir, cursos por acreditar. Em quase dois anos, o processo de instalação da Universidade Técnica do Atlântico (UTA) avançou pouco ou nada, o que levou o governo a substituir a equipa reitoral. João do Monte Duarte, nomeado vice-reitor em 2020, esvaziado de competências pouco depois, assume agora a missão de concretizar o projecto da segunda universidade pública do país. Em entrevista conjunta ao Expresso das Ilhas e Rádio Morabeza, o novo reitor define metas e elenca ambições.

Na economia destacamos três temas.

O primeiro é o Cabo Verde Investment Forum que regressa para mais uma edição.

O governo espera a assinatura de acordos no valor de 2 mil milhões de euros no “Cabo Verde Investment Fórum” que acontece na ilha do Sal, durante os dias 16 e 17 de Junho, sob o lema “Cabo Verde is open to the world”.

O segundo tema é sobre o relatório de Indicadores Económicos publicado pelo Banco de Cabo Verde.

As pressões inflacionistas aumentaram em Março, com as taxas de inflação homóloga (7,6) e média anual (3,8) a seguirem as trajectórias crescentes. Cenário internacional, principalmente os preços dos combustíveis e dos alimentos, continua a ter impacto em Cabo Verde.

O terceiro tema é sobre o Parque Tecnológico que está a ser construído na cidade da Praia.

Pandemia e guerra na Ucrânia causaram atrasos na construção do Parque Tecnológico que está a ser construído na Praia e obrigaram a uma nova calendarização da entrega da obra. São precisos mais 11 milhões de euros para concluir as obras. Financiamento extra já foi conseguido junto do BAD.

O último destaque vai para a entrevista com Kate Gilmore que é Presidente da Federação Internacional do Planeamento Familiar e que recentemente esteve em visita a Cabo Verde.

Nesta conversa com o Expresso das Ilhas Kate Gilmore, activista e presidente da Federação Internacional do Planeamento Familiar (IPPF), faz vários elogios ao país, em geral, e à VerdeFam, seu membro, em particular, mas apela a um maior respeito pelos direitos e acesso aos serviços por parte de comunidades ainda marginalizadas, como a LGBTi e as pessoas com deficiências. Lei e normas públicas, que são bastante boas, chocam com as normas informais de uma sociedade para as quais a diferença ainda não é totalmente aceite e o sexo continua a ser um tabu enorme. Silêncio não resolve nada, alerta. E, “os adultos têm de crescer no que toca ao sexo”, acrescenta.

A ler, igualmente, a opinião de Hélio Sanches com  ‘Sara Ocidental: a proposta de Marrocos de uma “larga autonomia” para o território é uma solução justa para o diferendo’ e de Lino Magno com  'Saúde mental: uma visão teológica e psicológica'. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,1 jun 2022 0:00

Editado porAntónio Monteiro  em  1 jun 2022 16:35

pub.
pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.