WhatsApp altera de 13 para 16 anos a idade mínima dos utilizadores europeus

PorExpresso das Ilhas, Lusa,26 abr 2018 7:42

A plataforma WhatsApp, propriedade da rede social Facebook, confirmou esta quarta-feira que passa de 13 para 16 anos a idade mínima para os utilizadores poderem fazer o registo na Europa.

Uma nova versão da aplicação estará pronta em Maio, desenvolvida pela WhatsApp Ireland Ltd, uma nova entidade criada para operar a partir de Dublin, onde o Facebook também tem a sede para as operações europeias.

"No mês que vem, a União Europeia (UE) actualizará as leis de privacidade para conferir uma maior transparência sobre o uso da informação das pessoas. Temos actualizado as nossas Condições de Serviço e Política de Privacidade, em conformidade com o Regulamento Geral de Protecção de Dados (RGPD), que entrará em vigor", explicou a plataforma WhatsApp.

A partir do próximo mês, cada vez que um utilizador tentar instalar a aplicação deverá confirmar que tem, pelo menos, 16 anos, se bem que a companhia não tenha dado mais detalhes sobre como prevê verificar a informação. 

"Com esta actualização, não estamos a solicitar novas autorizações para compilar informação pessoal. O nosso objectivo é simplesmente explicar como usamos e protegemos os dados sobre a pessoa", assinalou WhatsApp.

A plataforma WhatsApp tem mais de 1.500 milhões de utilizadores, segundo dados do passado mês de Janeiro. 

A empresa, criada em 2009, reiterou que não está a "partilhar as informações de conta para melhorar a experiência com o produto" ou "publicidade no Facebook", uma das principais preocupações dos legisladores comunitários. 

O anúncio da WhatsApp ocorre semanas depois do escândalo de acesso indevido aos dados de utilizadores do Facebook por parte da consultora política britânica Cambridge Analytica, para alegadamente influir em cenários como as últimas eleições nos Estados Unidos ou o referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia. 

Segundo o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, a Cambridge Analytica poderá ter feito um uso impróprio dos dados de 87 milhões de utilizadores daquela rede social. 

Para cumprir com as normas do RGPD, o Facebook está também a introduzir mudanças na sua política de segurança e privacidade. Uma delas diz respeito aos jovens com idades compreendidas entre 13 e 15 anos, que poderão continuar a utilizar a rede social de forma integral se apresentarem a autorização de um dos progenitores ou de um tutor legal. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

whatsapp

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,26 abr 2018 7:42

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  26 abr 2018 7:42

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.