A Tesla está a alugar painéis solares por 45 euros por mês

PorExpresso das Ilhas,2 ago 2019 6:14

Comprar painéis solares pode ser um investimento dispendioso para muitos. De maneira a oferecer uma solução mais económica aos seus clientes, a Tesla está a alugar a tecnologia por apenas 45 euros por mês, avançou o zap.aeiou.pt.

A SolarCity, detida pela Tesla, está a entrar numa espiral descendente de negócios. Em Julho, a empresa anunciou que instalou menos painéis solares no segundo trimestre de 2019 do que em qualquer outro trimestre desde a sua aquisição. A Tesla está a perder espaço no mercado e já tem planos para inverter a situação.

Para já, o aluguer de painéis solares está disponível em apenas seis estados norte-americanos: Arizona, Califórnia, Connecticut, Massachusetts, Nova Jérsia e Novo México. O objectivo será certamente alargar a opção caso esta tenha sucesso.

Por apenas 45 euros por mês, mais impostos, os clientes podem ter a sua casa alimentada a energia solar. A Tesla não cobra quaisquer custos de instalação adicionais, nem obriga a assinar um contrato de longa duração. O pagamento mensal, segundo o The Verge, inclui ainda assistência técnica, manutenção e qualquer outro tipo de hardware necessário.

Segundo a empresa, o aluguer traz imensas vantagens, entre as quais o preço, a rapidez e muito menos burocracia do que se fosse para comprar. Há apenas um senão: caso se arrependa, o custo de remoção é de .1350 dólares.

Há três tipos de painéis solares disponíveis. O mais pequeno gera entre 10 a 14kWh de energia por dia; o intermédio consegue gerar entre 19 a 28kWh e tem um custo de aproximadamente 100 euros. O maior gerador, que tem um custo de 150 euros por mês, produz entre 29 a 41kWh por dia. Os preços para compra e instalação são, respetivamente, 10 mil, 20 mil e 30 mil dólares.

Ao fim de cinco anos de aluguer, os clientes podem automaticamente comprar o painel solar sem qualquer custo. Em contrapartida, o valor de mensalidade pode ser alteradoa qualquer altura, sendo oferecido um prazo de 30 dias para mudar ou cancelar a subscrição caso o preço aumente.

Texto originalmente publicado na edição impressa do expresso das ilhas nº 926 de 28 de Agosto de 2019. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,2 ago 2019 6:14

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  30 ago 2019 14:15

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.