Windows 10 já é o sistema operativo em mais de 50% dos computadores

PorExpresso das Ilhas,2 set 2019 10:01

O Windows 10 é a mais recente oferta da Microsoft para o segmento dos sistemas operativos, mas a verdade é que o Windows 7 foi um condicionante do seu sucesso. Durante muito tempo, a quota de mercado mostrava que os utilizadores não trocavam o Windows 7 pelo Windows 10.

Agora, já depois de ter ocorrido o ponto de viragem e o Windows 10 ser o sistema operativo de computadores mais usado do mundo, este ultrapassa os 50% de mercado e continua a sua escalada na adopção por parte dos utilizadores.

Depois do seu lançamento em 2015, a Microsoft permitiu que os utilizadores actualizassem para o Windows 10, de forma gratuita, durante o período de um ano. Este factor impulsionou a adopção do mais recente sistema operativo da Microsoft, mas a partir daí que a adopção tem sido lenta e gradual. Inclusivamente, houve momentos em que o Windows 7 ganhou terreno ao Windows 10.

A viragem na liderança foi alcançada no final de 2018 e desde então que o Windows 10 tem dilatado a distância para a concorrência. Agora, segundo os mais recentes dados, este ultrapassou os 50% de quota de mercado e o Windows 7 continua a sua tendência de queda.

Em Julho, a quota de mercado do Windows 10 estava fixada em 48,86% e subiu 2,13 pontos percentuais para 50,99% em agosto. É uma subida convincente e que mostra que os utilizadores estão agradados com este sistema operativo.

Por outro lado, o Windows 7 que em Junho de 2015 tinha mais de 60% de mercado, tem sofrido uma queda esperada e actualmente tem apenas 30,34%, uma descida de 1,49 pontos percentuais face ao mês passado.

No panorama geral de todos os sistemas operativos disponíveis para computador, o Windows continua rei e senhor. Actualmente com uma quota de 87,89%, o concorrente mais próximo é o macOS com 9,68%. O Linux, bem menos popular, tem uma quota de mercado fixada em 1,72%.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,2 set 2019 10:01

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  2 set 2019 10:01

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.