Desinformação leva Facebook a 'apertar' controlo de grupos na rede social

PorExpresso das Ilhas,9 nov 2020 9:23

Nova medida pretende que os administradores e moderadores de grupos tenham uma presença mais ativa.

As eleições presidenciais foram uma verdadeira ‘prova de fogo’ para o Facebook, que cumpriu o objetivo de tentar mitigar a disseminação de notícias falsas e desinformação durante este período. Porém, parece que o Facebook não pretende abrandar.

A gigante tecnológica terá confirmado ao The Washington Post que colocará os grupos políticos e sociais da plataforma em ‘liberdade condicional’ se violarem repetidamente os standards de comunidade da rede social. A acontecer, os administradores e moderadores desses grupos terão de aprovar individualmente cada publicação partilhada no grupo durante um período de 60 dias.

O Facebook não adiantou quantos grupos poderão ser alvo desta medida mas, dado que é nos grupos que se costuma verificar a partilhada de publicações falsas, é claro que poderá ser eficaz. A empresa indicou que não haverá qualquer hipótese de os administradores conseguirem recorrer desta decisão.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,9 nov 2020 9:23

Editado porAndre Amaral  em  9 nov 2020 9:23

pub.

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.