Amazon não obrigará trabalhadores a regressarem ao escritório

PorExpresso das Ilhas,12 out 2021 9:46

Obrigadas num primeiro momento a adoptar o trabalho remoto devido à pandemia de COVID-19, parece que são cada vez mais as empresas a assumirem este modelo para o seu futuro. A mais recente é a Amazon, com o CEO Andy Jassy a dar às suas equipas liberdade de escolha em relação ao local onde preferem trabalhar.

“Numa empresa da nossa dimensão, não existe abordagem única que sirva para que todas as equipas trabalhem melhor. Para os nossos trabalhadores, em vez de especificarmos que as pessoas devem trabalhar pelo menos três vezes por semana no escritório, vamos deixar essa decisão para as equipas individuais”, declarou Jassy de acordo com a CNN.

O novo líder da Amazon adiantou que espera que as equipas da empresa continuem a trabalhar “sobretudo de casa”, indicando que outras equipas podem funcionar melhor com uma combinação entre trabalho remoto e no escritório.

Recordar que a Amazon esperava conseguir garantir o regresso ao escritório dos trabalhadores entre Setembro de 2021 e Janeiro de 2022. Estes planos tiveram de ser alterados devido à variante Delta e ao atraso do processo de vacinação nos EUA.

A Amazon não é a única empresa a adoptar de forma permanente o trabalho remoto, com o Twitter a ser uma das primeiras empresas da área tecnológica a reconhecer os benefícios deste modelo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

Amazon

Autoria:Expresso das Ilhas,12 out 2021 9:46

Editado porAndre Amaral  em  12 out 2021 9:46

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.