Os videos de música que deram (muito) que falar em 2017

PorExpresso das Ilhas,5 fev 2018 10:11

A propósito do novo vídeo de Elly Paris, produzido pela Prisma Vídeos e lançado semana passada no YouTube, que alerta para a homofobia e conclama a auto-aceitação e a tolerância, mas que já está a ser alvo da atenção por outros motivos, lembramos aqui alguns dos vídeos que mais “zunzum” causaram em 2017, nem sempre pelas melhores razões.

Dja Bu Viciam” – Lejemea

Produção: Lejemea Productions

Em ambiente sugestivo, com direito a cama redonda e vara de pole dance,o cantor e a sua musa protagonizam cenas “quentes”. Basicamente, o barulho fica por conta da pouca roupa usada pela co-protagonista do vídeo, aliás mais concretamente pelo volume das nádegas da modelo que deixaram alguns desconfortáveis.

Xtraga” – Elji Beatzkilla

Produção: Purple Street

Se houve quem se escandalizasse com o clipe "picante" de Lejemea, pior foi quando poucos meses depois Elji BeatzKilla, o autodenominado “raça mau”, viria a “subir a fasquia” do erotismo com o clip “Xtraga” num ambiente a simular uma orgia regada a muito álcool e outras coisas mais... Vozes críticas apontaram a objectificação das mulheres, o incentivo à promiscuidade e ao consumo abusivo de substâncias. E que o vídeo deveria trazer aviso de ser para maiores de 18 anos...

Nha baby” – Nelson Freitas feat. Mayra Andrade

Produção: Blue Blood Music

A música que juntou dois dos mais queridos intérpretes da música moderna cabo-verdiana estava na boca de todos e aguardava-se impacientemente a chegada do vídeo. Quando finalmente surgiu no YouTube foi a loucura. Milhares de visualizações e partilhas em poucos dias.

"Bati Pala" – Big Z Patronato feat. Hélio Batalha e Doggson

Produção: Clacket

O verão de 2017 foi marcado pela troca de farpas entre rappers da Praia, nas redes sociais e não só. Mito Kaskas, da Achada de Santo António, escreveu um tema a mandar recados aos rivais e a avisar que “lion dja corda pa devora capados e javalis”. Os de Ponta d’ Água e Vila Nova juntaram-se e reponderam com “Bati Pala” em que cantam sobre reconhecer os verdadeiros amigos mas também apontam que “Lion sta tudo palhaço, coitado…” entre outras farpas. Parte do público divertia-se com a contenda, outra parte recomendava bom senso.

"Akreditá" – Batchart feat. Djodje e Coral ESJB

Produção: Nuno Miranda/Kriolscope

“Kond n-spiá pa traz na nha vida/ tont barreira k sempre ixisti/ n-tiv k prendé da volta pa riba/ n-bem lonje d’más k pa n-bem dzisti”. Versos poderosos, com mensagens de superação, a participação certeira de Djodje e do coral da Escola Secundária Jorge Barbosa e a excelente qualidade da realização cinematográfica de Nuno Miranda e equipa KriolScope fazem deste um dos melhores videos musicais cabo-verdianos dos últimos anos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,5 fev 2018 10:11

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  5 fev 2018 10:11

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.