Musas Plus Size provam que beleza e sensualidade não têm tamanho definido

PorExpresso das Ilhas,12 mar 2018 15:29

Campanha "I'm No Angel" pela aceitação da diversidade de corpos femininos
Campanha "I'm No Angel" pela aceitação da diversidade de corpos femininosLane Bryant

Entre as várias frentes de batalha que as mulheres vêm encarando na última década encontra-se a luta pela aceitação do corpo feminino em todos os tamanhos. Aproveitando este Março Mês da Mulher damos a conhecer algumas das mais famosas e influentes modelos e musas plus size que têm revolucionado não só o conceito de beleza feminina como o mercado da moda, onde a descoberta de que as mulheres gordas também querem vestir as últimas tendências está a gerar grandes lucros para aqueles que ousaram pôr fim à discriminação.

Fluvia Lacerda


image

A brasileira Fluvia Lacerda é tida como primeira top model plus size, ganhando inclusive a alcunha de “Gisele Bündchen plus size”. Depois de ter ganho notoriedade nos EUA Fluvia ocupou as manchetes no seu país, onde provocou uma autêntica revolução plus size que hoje alimenta uma cada vez mais lucrativa indústria têxtil e da moda. Fluvia também causou impacto ao ser a primeira gorda na capa de uma edição especial de aniversário da muito consumida revista Playboy, provando que as mulheres com "medidas reais” também povoam a fantasia masculina.

Ashley Graham


image

A primeira modelo plus size em biquíni na capa da famosa revista de moda desportiva Sports Ilustratted e a única modelo na lista das "100 Pessoas Mais Influentes" da poderosa revista Time em 2017. A norte-americana Ashley Graham tem sido destaque nas passerelles da New York Fashion Week e em tempos dirigiu mesmo algumas “farpas” à marca de lingeries Victoria’s Secret por continuar a manter as mulheres tamanho G e GG fora do seu público-alvo. O vídeo da sua conferência no TED Talks a inspirar auto-estima e aceitação dos corpos além do padrão ditado pela indústria da moda e entretenimento tem mais de 2 milhões de visualizações. No Instagram são 4 milhões a segui-la.

Gabi Gregg


image

É uma das mais famosas e poderosas plus size bloggers de moda e lifestyle. Não sendo uma modelo, Gabi colecciona seguidores nas suas contas de Instagram, Facebook, Twitter e demais redes sociais, onde cada look que publica é imediatamente copiado. Isto fê-la ampliar a sua veia empreendedora e criar as suas próprias linhas de roupa e acessórios, para além de parcerias com marcas de cosméticos. Activista pela representatividade no mundo da moda, em 2008 causou sensação ao lançar uma linha de glamourosos bikinis tamanho plus size incentivando as mulheres que usam tamanhos maiores a perderem o pudor de ir á praia e à piscina.

Candice Huffine


image

A primeira modelo plus size a figurar no célebre Calendário Pirreli (em 2015), foi Miss na adolescência. Esta americana foi uma das várias modelos plus size a protagonizar a campanha #ImNoAngel que criticava o padrão de beleza feminina disseminado pela Victoria’s Secret. Capa da Vogue, Candice é presença assídua na New York Fashion Week. Ela também é uma activista em prol da prática de atletismo pelas mulheres em qualquer idade e peso. 

Essie Goldman

image

Modelo plus size e também advogada, esta africana é uma influente activista pela não discriminação das mulheres plus size, pugnando também pela diversidade racial já que mesmo na indústria da moda plus size as modelos negras tendem a ter pouca visibilidade e oportunidades. Goldman colabora com marcas influentes como a Macy’s e  Lane Bryant e também criou a sua própria marca de vestuário e acessórios.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,12 mar 2018 15:29

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  12 mar 2018 15:29

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.