Ao sabor da sardinha, ao ritmo da música e do futebol

PorExpresso das Ilhas,15 jun 2018 13:42

​A Porfesta assinala todos os anos, na Praia, a chegada do calor e do “Verão”. Este ano a celebração do Dia de Portugal e das Comunidades Portuguesas arranca com a estreia da selecção portuguesa na Copa do Mundo, frente à vizinha Espanha.

Já é tradição. Desde 2009, todos os anos a Pracinha da Escola Grande (praça que já foi Luís de Camões e hoje é António Lereno) acolhe a festa portuguesa – Porfesta, que assinala na cidade da Praia o 10 de Junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

E a festa faz-se, tradicionalmente, com a boa gastronomia portuguesa em destaque. Os restaurantes e marcas alimentares portuguesas presentes na capital oferecem aos visitantes iguarias diversas, sem faltar aquelas típicas do mês dos santos populares em Portugal, como a sardinha e o caldo verde. Alguns restaurantes cabo-verdianos também fazem-se representar na zona dos stands. Nhô Eugénio, Lótus Restaurante, Pão Quente, Papa Migas, Sabor das Ilhas, Tereru Kultura, Café Sofia e Pescador são algumas presenças já confirmadas.

Para além da gastronomia, a música não poderia faltar à festa. Nomes como os Deolinda, Zé Perdigão, António Zambujo e José Malhoa já passaram pelo palco da Porfesta que este ano tem a cantora Ana Malhoa, já conhecida dos cabo-verdianos, como destaque (sábado, dia 16).

Menos conhecido, o grupo Três Bairros - trio composto por Guilherme Madeira (voz), Ricardo Gama (guitarra portuguesa) e João Correia (viola) - traz à comunidade portuguesa radicada em Cabo Verde (e a todos os que visitarem a Porfesta) o seu álbum de estreia, “Turno da Noite”, onde apostam sobretudo no fado e na canção portuguesa, misturando um tom sério a alguns temas mais divertidos. Actuam na sexta-feira, dia 15.

No primeiro dia, o evento será marcado pela transmissão, em directo e em grande ecrã, do duelo ibérico, o jogo Portugal-Espanha, com muitas tapas e petiscos à mistura.

Em todas as edições as crianças têm tido um cantinho reservado na Porfesta, e desta vez não será diferente estando-lhes prometida muita animação com o circo Enigma, jogos tradicionais, pintura facial, palhaços e guloseimas.

Nesta edição haverá um momento especial com actuação das crianças do Colégio Português e marcha popular tipicamente portuguesa protagonizada pelos alunos da Escola Portuguesa de Cabo Verde.

Outro evento alusivo ao Dia de Portugal é o espectáculo “Trovas e Canções – Poetas, Cantores e Atores”, que trará a Cabo Verde um grupo de actores e músicos portugueses, liderados por Ruy de Carvalho. Entre a récita e o canto o elenco irá relembrar textos e poemas de Luís Vaz de Camões, Gil Vicente, Bocage, Florbela Espanca, Zeca Afonso e Manuel Alegre, entre outros. O espectáculo acontece na Praia a 14 de Junho, pelas 18h30, no Centro Cultural Português-Instituto Camões, e em Mindelo a 17 de Junho, no Centro Cultural do Mindelo, às 20 horas.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 863 de 13 de Junho de 2018.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,15 jun 2018 13:42

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 jun 2018 13:42

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.